quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Tempo

O tempo parou.
Na minha frente.
Segurou no meu pescoço.
E agora está apertando

Nenhum comentário: