sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Um conto de natal [conto rápido]

 Ricardinho estava sentado na frente da árvore de natal vendo suas lindas luzes azuis piscarem de forma hipnótica. Sua família estava reunida nos dois sofás atrás do garoto. Todos conversavam felizes enquanto uma música tocava ao fundo. As luzes iam e vinham em três momentos diferentes: primeiro acendiam e apagavam de forma lenta e gradual, depois piscavam rápido e, por último, permaneciam acesas por um tempo.
 Quando Ricardinho voltou a si, sentia dores por todo o corpo, seu rosto estava arranhado e sangrava e ele segurava uma faca ensanguentada. Não tocava nenhuma música e ninguém mais conversava. Ele se deu conta de que estava chorando, e ao olhar para trás percebeu o motivo: uma carnificina.