segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Crise de Identidade



Cuidado!


Agora é um outro eu que vai escrever aqui... Já apareci por aqui algumas vezes, na maioria delas para falar verdades que as pessoas não gostam de ouvir... E vou aproveitar para falar de coisas que normalmente o outro "eu" que normalmente está sob controle deste corpo [Ele ganhou por votação entre nós mesmos]. Então vou aproveitar que estou aqui para postar sobre a crise de identidade pela qual sempre passamos... Mas ei! Leia! Leia e veja que nós aqui podemos ser bem parecidos com você. Ou não.


Começando:


Éé, no começo foi bem difícil decidir que ficaria sob controle do corpo, são dezenas, centenas de "Eu" que existe aqui nesse corpo... Talvez eu tenha nascido no dia em que várias almas procuravam um corpo e todas entraram neste [Não levem ao péda letra, por favor...¬¬]. Bem, e desde então foi o caos, que por sinal parece ser meu sobrenome, o caos tomou conta de nós, presos em um corpo sem poder sair... Presos lá dentro da mente... É muito louco isso, só estando lá pra ver... Lá nós nos reunimos no sétimo ciclo, o mais distante do consciente e um pouco do subconsciente, só que mais ativo que este. É lá que sempre nos reunimos para tomar decisões que comprometem este nosso corpo, mas não podíamos ficar todos sob controle porque na cabine central só cabe um de nós... Foi aí que tivemos o dia da decisão, da votação e da posse de um de nós para o cargo de controlador. Todos votavam e um controlava e dava a ordem final, que é aquele que sempre passa por aqui.


Enquanto ele toma o controle de tudo nós ficamos no sétimo olhando tudo, descansando, conversando e votando... Uma hora ou outra o "líder", podemos dizer assim, sai para ir ao benheiro ou para tirar um cochilo e um dos outros "Eu" fica no controle... Sendo que cada um de nós é diferente do outro, o que pode causar um certo espanto nos outros mortais que vivem com apenas uma alma, podemos dizer assim... Eu falo mermo!


Só que NÓS que estamos no sétimo também queremos sair e "viver" mais ativamente... Aí rola a briga aqui pra ver quem fica na cabine... Pancadaria geral mesmo... Os bonzinhos, coitados, tentam conversar, mas logo apanham e calam a boca. Os perversos usam de artimanhas cruéis, como uso de poderes psíquicos. Os loucos, que monte tem aqui, nunca consegui decifrar o que eles realmente são, às vezes gritam, outras cortam, e ainda tam vezes que conseguem levitar e ver além dos outros, bem além. Tem também os pervertidos, esses são poucos, ainda bem que pouquíssimas vezes tomaram o controle, ufa! Parece que aqui só tem UM romântico, aí não deixamos ele sair muito, raras vezes, acho que vamos matá-lo... E vários, vários outros tipos de "Eu".


É com essa briga que começa nossa crise de identidade, pelo menos de forma mais intensa. Cada um aqui dentro sabe o que é. Eu acho que sabemos. É... Temos que pensar mais sobre isso.


O Jasper e a Cícera às vezes vêm aqui e conversam conosco, é, eles dois têm sorte, pois podem ficar aqui e aí... Mas nós não!


Mas pra falar a verdade eu gosto... Eu acho... Eu e os outros "Eu" aqui também gostam, Achamos que viemos aqui todos nós porque havia espaço o suficiente pra gente... Mas tem muitos aqui! E cada um quer ficar no controle... Então brigamos e continuaremos brigando...


É... eu queria só explicar isso já que o outro não teve coragem.


E agora, quem tá no controle sou EU! Não sei até quando, tranquei a porta aqui com uma cadeira e duas correntes psíquicas... Espero que dure o bastante para eu aproveitar, hehehe.


Ahh sim... E que dure o tempo bom para que eu aprenda a voar com o meu corpo físico! Eu falo mermo! Tô aqui, tenho é que aproveitar...

domingo, 17 de agosto de 2008

Bebida + Volante =