sexta-feira, 9 de novembro de 2007

O Que fazer da vida?

Eu já não sei mais o que fazer...

Você já teve a sensação de que nada foi feito no ponto certo pra vocÊ? Um exemplo: Faculdade. Você já escolheu que curso seguir? Será que é o que você quer realmente... Talvez o meu problema seja este, eu não sei o que eu quero! Isso dificulta um pouco (¬¬).




Uns dizem que a vida é muito curta... Outros que é longa de mais... COmo podem afirmar isso? Se bem que eu já pensei que a vida era curta... E também já pensei que era longa... Mas só poderei confirmar uma dessas teorias depois...



Não consigo saber que profissão seguir e isto está me enlouquecendo...






Há momentos que eu não sei o que fazer com a vida que eu tenho... Há momentos que eu quero fazer milhares de coisas, mas fico pensando por onde começar e logo bate aquela melancolia... Aquele marasmo de não se ter nada pra fazer... Vontade de fazer mil e um coisas e logo em seguida de não fazer nada... Dias em que eu não quero dormir... E dias em que eu não consigo dormir(Faz um bom tempo que eu já parei de ter insônias...). Já pensei em procurar um psicólogo... Conversar... Mas pouco tempo depois de pensar isso achpo que já não preciso mais. Até que vem aquele outro EU e começa a encher minha cabeça de perguntas e em seguida mais um EU para confabular comigo... E assim eles dizem que eu não sou louco! E eu qcredito é claro! Em quem eu iria acreditar senão em mim mesmo... Sem contar com o meu anti-socialismo que ataca de vez em quando...




É cada uma! E a loucura vem devagar... Pede para tomar um cafezinho... E daqui a pouco está morando com vocÊ!

142 comentários:

Luilton disse...

Você é psicopata né?
Pois destroce todos os EU loucos que há em vc e vá curtir a vida.

Nem que pra curtir seja preciso para de PENSAR.

Pense nisso.

Antonoly disse...

Uma das coisas mais difíceis na vida é a escolha da profissão, não se preocupe, vc vai conseguir se decidir.

www.ooohay.wordpress.com

Jack disse...

No meu caso começo um monte de coisa ao mesmo tempo e nunca termino nada. Tudo sempre se torna insuportavelmente chato e sem graça depois de um tempo e acabo desistindo.

Foi assim com dois cursos superiorese e um curso de nivel técnico, entre outras coisas.

Leonardo disse...

Também já me senti assim... é muito estranho ne? Mas passa... o tempo cura tudo..

http://mundops.blogspot.com/

Marcelo disse...

hahaha

bem vindo ao clube do "o que vou ser agora que cresci?"

Vingador disse...

escolha bem o que vai fazer e nunca irá trabalhar!

Anônimo disse...

Eu to na mesma situação..
Acho que temos que arriscar pra começar a construir algo.. se nao vamos ficar pensando e nunca começando, e o tempo passa.
E desistir jamais! Terminar o que se começou, mesmo que não goste, pois fará falta no futuro!
Boa sorte!

Rukasu disse...

Também me sinto assim...ultimamente entre o sim e o não...entre todas as escolhas eu escolho sempre o Foda-se...embora isso um dia acabe eu tenho 17 anos acho que isso vai mudar quando eu me tornar mais adulto...acho que sou um belo de um adolecente...

por isto Foda-se.

Anônimo disse...

Sabe, tenho 29 anos, mas formei em eng. mecânica 4 anos atrás, os 2 primeiros anos tive crises existenciais porque não sabia se era isso mesmo que eu queria..., me permiti fazer outro curso, tranquei eng. e comecei biologia...resultado: descobri que amava os dois!!! com 2 períodos feitos na bio eu não via a hora de voltar para o outro curso tb...senta um prazer avassalador...surpreendi muita gente, pois fui a melhor nos dois, ganhei vários prêmios, viajei muito, conheci muita gente diferente, gente como eu (indecisa, gente completamente decidida...na biologia estudei tubarões, na engenharia aviões...foi perfeitamente mágico! as pessoas me indagavam: mas o que tem haver? eu dizia: paixão, esse é o ponto. Levei os dois e fui "raçuda", fácil não foi nada! exatamente nada! Mas, sabe, eu ainda não sei o que quero fazer...é difícil, não se cobre tanto!!! Existem milhões de coisas para fazer, profissões novas surgem a todo instante, sua vida não é estática, vc nao será pra sempre a "coisa" que vc escolheu aos 18 anos! Não!!! Não vai ser assim "redondo", estudos te levam para lugares inimagináveis! Basta se apaixonar!!! Vc verá um mundo se abrindo todos os dias...e muitas decisões ainda estão por vir, permita-se fazer algo, tentar, testar, sinta emoção, aquilo que te faz ser diferente, especial, e completamente apaixonado...sinta-se feliz, só saberá se tentar.

Um beijo, Feliz 2009!!!

japinha disse...

eu tbm cheguei nuna situaçao que nao sei oq quero mais da vida as vezes fico confuzo , ja estou com 30 anos sou torneiro mecanico mais esto desempregado por que eu quero mais e isso

Anônimo disse...

Tenho 24 anos... estou prestes a me casar com "a idade certa pro casamento"!
Gosto da idéia de me casar, consituir família... mas parece que falta alguma coisa.
Fiz faculdade de um curso que eu mal sabia o que era! Não me apaixonei, mas gostei! Formei,depois de um frustrado fim. E veio a insegurança e incertezas. Mesmo trabalhando na área, levando umas cabeçadas, mas ganhando um dinheirinho faltava alguma coisa!
Crise existêncial??? Ou falta de alta estima?
Falta de alta estima talvez... Daí vem a luta insensante do: "Não deixe que as vibrações ruins tomem conta de vc!!"- "Isso faz mal e é ima da má sorte!"
(????????????????????????????????)
Ok! Vamos tentar! Afinal de conta, a vida é bela, a gente que caga nela!
Mas, como tentar pular essas barreiras mentais, quando vc se depara que tudo o que vc faz não é 100%. Já ouviram aquela frase?: - Quando vc for fazer alguma coisa, faça bem feito!!!
Ok, vamos lá! Tudo bem! Porém, a coisa que vc "acha" que tá fazendo bem é apenas 43%??? Por que nunca sou boa o suficiente?? Que Merda??
Não vou achar nunca uma porra de uma coisa pra eu me encontrar como pessoa? Como um ser inteligente? Colher frutos disso? Ser feliz??
As pessoas seguem e eu? Fico...

Anônimo disse...

As vezes me sinto como vc em algumas coisas... faz dois anos que tento vestibular pra medicina e não consigo entrar... sei que med é dificil e blá blá blá, mas chega uma hora que vc começa a entrar em parafuso, mil dúvidas se é isso que vc quer msm... acho q eu msm me saboto sabe? só pq mudar de curso seria o mais fácil a se fazer, e n necessariamente o correto... a gente tem essa mania, de prejudicar a nos msm as vezes só pra pegar o caminho mais fácil... mas aí começam as dúvidas.. e se realmente esse é um sinal pra eu desistir? se eu n aguentar o tranco da facul e da profissão? sei lá... meio foda tudo isso...

♥ ...Shay disse...

hahaha

bem vindo ao clube do "o que vou ser agora que cresci?" [2]

E agora José?

Anônimo disse...

Não sei se já conhece mas existe um disturbio chamado DDA (disturbio do déficit de atenção) e as características dos portadores são bem parecidas com as que vc diz ter. É bom consultar um profissional para constatar o diagnóstico. Existe tratamento para isso.

Anônimo disse...

Acho podre pessoas que entram nesses site pra ficar criticando!
Estamos todos procurando melhorar com a ajuda de algum semelhante.
Se nao for pra ser agradável, vaza daqui!
Enfim, eu não entendi sobre esse DDA? O déficit é com a gente mesmo?

Anônimo disse...

entaum..

27 anos.. formado em administracao.. 2 anos fora do pais.. ingles fluente.. alguns anos de experiencia em multinacional..
.
completamente perdido..
.
to pensando em fazer filosofia.. da medo.. parece loucura.. fiz fotografia.. qdo fiz, percebi q minhas fotos saum ruins..
.
tem uma frase do renato russo q diz.. 'fazemos nosso proprio tempo'..
.
acho q eh um pouco isso.. quem determinou q deveriamos saber exatemente o q fazer da vida aos 20, 30, 40 ou 50 anos?
.
onde esta o documento q diz isso?
.
talvez o ponto esteja em nos aceitarmos como somos..indecisos..
.

lucas disse...

Também sinto isso já a alguns anos. O melhor é não perguntar nada aos outros, pois as respostas podem te confundir, uma vez que ninguém sabe realmente o que quer da vida, apenas fingem que sabem para conseguir seguindo a diante. Esse é um questionamento sério e que só vc pode responder. Ouça a mensagem silenciosa que tem dentro de vc e, não se engane: ficar no abrigo é a pio saída, uma hora as coisas se auto implodem, assim como o universo. SAIA, a internet é um veículo de informação, mas a experiência verdadeira está nas relações, na sua trajetória. Se pergunte: o quanto avancei e qual a distância que estou do meu ponto de partida (o útero de minha mãe)?
Escrevo pra vc, mas na verdade estou procurando dizer isto pra mim mesmo. Seja sincero consigo mesmo, é um bom começo. Todo mundo diz pra não se levar tão a sério, mas só vc sabe o que se passa dentro de tí. Boa sorte!

Anônimo disse...

eu to passando por isso agora eu não sei se eu tenho q me preocupar agora mas eu sempre faço isso ... primeiro aulas de violão nem comecei depois teclado ,aulas alemão, teakwondo eu fiz um poco e já quero para, depois ser dj, praticar le parkour , academia, eu adoro filosofia mas acho q vo desistir tbm é só uma questão de tempo... eu acho. eu acho q n é preguiça porque eu realmente tento no começo mas depois simplismente passa a vontade... se alguem já passo por isso eu gostaria de dicas sei lah , eu só tenho 15 e sempre quis entrar no exercito mas ... eu to meio predido então seilah qm quizer posta respondendo. vlw ps: só tah anônimo pq eu n tenhu conta.

Anônimo disse...

por favor ignorem os meus erros de portugues na postagem anterior =D

Anônimo disse...

Meu Deus, achava que era só eu que sentia essas coisas....tenho 24 anos, sou casada e não tenho filhos.... começei tres cursos superiores e não terminei nenhum....o ultimo parei no ultimo ano....meu deus começo e não termino as coisas..... quero tudo mas não quero nada..... tenho medo do futuro de ser uma esposa e mãe de familia e só.....EUI QUERO MAIS QUE ISSO PARA MIM......

Anônimo disse...

...
21 anos, 3 º ano de um curso que parece ser interessante mas que não me puxa minimamente!

Estive este ultimo ano de curso numa universidade num pais estrangeiro, fiz 2 dixiplinas em 10, acho que isto demonstra o interesse da minha parte pelo curso..

devia ter acabado este ano mas vou ter que ficar mais um ano ou dois para acabar.

Os meus pais a pressionar como nunca para eu "FAZER ALGUMA COISA DA VIDA", mas eu sinceramente não sei o que fazer!!Acho que gostava de viajar e ir trabalhando por onde passo, mas sei lá...

Não existe curso nenhum que me interesse (a não ser informatica, mas que é praticamente impossivel para mim visto ter seguido a area das letras)..

E pronto ultimamente tenho procurado trabalho...mas não há nada que possa fazer..por isso vou andando..

Não faço ideia de como isto vai acabar...desde pequeno que pensei que ia ser rico...parecia tão facil.. mas quando tinha 17/18 anos apercebi me que afinal nao era facil e que não sabia o que queria exactamente da minha vida..

A ultima conclusao a que cheguei foi que quero uma vida tranquila..num pais tropical com um trabalho que me de para viver..

Mas nem sei se sou capaz de levar isso a avante!

Enfim...compreendo o pessoal deste blog e só para dizer que estamos mais ou menos na mesma situação

;)

Abraço a todos

Joy Marreiro disse...

Nossaa estou no mesmo dilema q todos aqui...me formei em Pedagogia, mas não estou atuando na área, as vzs penso q eu escolhi o curso errado...procuro emprego n area q eu trabalhava antes e não acho...por ter ficado mto tempo fora dela...saí da Bahia e fui morar em MInas p ver se mudava os ares, as pessoas e meu modo de pensar, as vzs chego a conclusao q faculdade, curso superior não te leva à bosta nenhuma, só te deixa c mais duvidas ainda...pq aí vc começa a cobrar de si msm e querer um salario decente conforme o tempo q vc gastou durante os 4 anos da sua vida...é pouco tempo, mas´leva se uma vida p decidir o q queremos realmente e qndo escolhemos por algum motivo: ou foi por q era mais barato, ou foi por q vc se identificava um pouco ou foi pq foi o único q vc realmente conseguiu entrar, enfim, cansei de me perguntar todos os dias, e agora o q eu faço?

Adriana Ramires disse...

eu sou exatamente assim... e cheguei a conclusao que pra nos nao tem jeito... só a morte
nao tem cura... e aos 28 anos... sei q nunca ovu mudar

Marx disse...

É galera... to na mesma merda, sei la, é muito foda, tem hora que desanima, mais eu penso que desistir não é o caminho, deve ter alguma solução, o que eu faço é procurar ajuda com os amigos, família, as pessoas que realmente gosto e sei que gostam de mim e só querem o meu bem, to tentando superar, não é fácil, mais quem disse que tem que ser? Talvez valha a pena, vamos ver.

Marx disse...

Ps.: Estudo o segundo período de uma universidade federal, o curso de geologia, minhas perpectivas são ótimas, no entanto, fico pensando em vago, é muito complicado, pois sempre quis cursar a universidade, e agora fico nessa, talvez eu tenha realmente DDA.

Anônimo disse...

Poxa, eu estava escrevendo um texte super bacana aqui... Contando todas as minhas indecisões, mas apertei ESC e apagou tudo!
Se um dia eu tiver inspirado outra vez, talvez eu escreva!

Anônimo disse...

passo pela mesma angústia q todos, com os poucos q converso sobre esse assunto pois tenho vergonha de falar com pessoas nais próximas, dizem q já passaram por isso e é normal, tenho medo q nunca passe. Completo 24 anos no domingo 1 de Novembro e me sinto perdido, nunca termino o q começo, já tive 4 empregos dos quais pedi demissão com menos de um ano, no meio acadêmico não sei o q fazer e se quero fazer, socialmente so um fracasso todos que se aproximão de mim eu de alguma maneira me afasto, o único lugar onde me sinto bem e no maracanã onde me sinto outra pessoa, la consigo esquecer os problemas.
Como dizem que o tempo cura tudo, espero q tbm cure essa angústia.
Obrigado pelo espaço pra desabafar.

Nenê disse...

Sinta o olfato, a visão, a audição,o tato e a degustação, pois um dia não sentirá mais nada disso, e na dúvida é o que realmente temos, o que se leva dessa vida é a vida que se leva, então, aproveite. Grande Thomas Edson, Lennon e tantos outros grandes mas já não estão mais entre nós... Você lembra sequer o nome dos seus bisavós paternos e maternos. Seremos esquecidos tão rápidos quanto nossa existência. Aliás você só sabe o que esses grandes fizeram, mas não sabe nada sobre como viveram, suas angústias seus medos, suas loucuras e etc. Olhe sempre o lado bom da vida, você veio do nada, talvez vá para o nada, então, o que você tem a perder ? NADA !!! Beijo me liga...aliás, tudo ao seu tempo, pois, as coisas são, as coisas veem as coisas vão, mas não em vão, quer queira quer não !

Anônimo disse...

Para todos vcs que postaram sobre vcs e outras dando opinioões para os outros é que vou dizer um pouco sobre mim. Bom tenho 24 anos a 3 tenho sindrome do panico pra quem naum conhece é um medo exagerado de uma serie de coisas e isso prejudica no convivio social e ate no emprego e etc... Bom a unica coisa que funciona comigo para me livrar desses males é acreditar que sou filho de Deus e que não nasci assim e que Deus quer que eu melhore, ou seja elevar minha auto estima de alguma maneira. Vcs que não sabem o que querem ou o que fazer, pensem no que gostariam de ser. Faça uma coisa so de cada vez, tenho certeza que faram várias coisas. o tempo é assim mesmo diferente para cada um aproveite mas sem se preocupar demais. Tenham uma meta e busquem de Deus que ele vai agir no emocional nessa ansiedade aí dentro e nesso espaço vazio.
OBS: eu ainda naum estou totalmente bem mas com certeza vou ficar, por que eu quero e desejo isso e DEUS é comigo. Espero que tenham entendi o que eu quiz dizer.

Anônimo disse...

Olá a Todos, acho que deveríamos fundar uma APA ( Associação dos "perdidos" Anônimos ) rsrsrs, pois é exatamente a sensação que estou sentindo agora...Depois de ler todos os posts e me ver em cada um deles. Fiquei aliviado e triste ao mesmo tempo. Aliviado por ver que não sou o único e triste por entender que a solução não é simples. Há anos tenho sido assim, já fiz inúmeros cursos: pintura, violão, teclado, Inglês, Deisgner gráfico..etc...faculdade de Ciências Contábeis, Letras...Nada parece satisfazer meus anseios, tenho medo de morrer sem ter de fato experimentado a vida...e já estou com 39 anos...Já procurei psiquiatra e psicólogo...em vão...Não quero desanimar ningúem mas acreditem...com o tempo as coisas pioram. A Solução...bom tenho algumas convicções...Primeiro como sou cristão, conto com a ajuda de Deus para ao menos suportar e segundo...acho que aí vale pra todos..Precisamos ser "práticos" e entender que se somos assim indecisos, não devemos deixar a indecisão tomar conta de nossas vidas, e se não conseguimos encontrar algo que nos satisfaça, talvez devêssemos nos satisfazer com o que temos...talves sejamos orgulhosos demais...

um abraço!!!
Fiquem com Deus!!!

Anônimo disse...

Ah!! Pessoal tem uma coisa que esqueci no comentário anterior...
Independentemente de tudo, faça algum serviço voluntário. Isso funciona, pois ao ajudar algúem, nos tornamos melhores e isso com certeza nos enche de paz!!!

Anônimo disse...

ola pessoal,
eu sei bem o que todos sentem e passam por aqui,nao sou psicologa,mas quero dar uma dica para voces.Nao se castiguem ou achem serem loucos por nao saber o que fazer da vida,É um dilema e tanto que passamos e nao se preocupem, mesmo que nao saibam que caminho seguir,qualquer lugar serve e nada acontece por acaso... um otimo clipe e texto É o : filtro solar (narracao de Pedro Bial), voces podem achar bobagem ou sem futuro essa dica,mas ouça ou leia a dica e tire suas conclusoes.Esse clipe nao vai te dizer o caminho que deve seguir,mas com certeza vai te mostrar algo de produtivo.

abraço, Shellen Coutinho
coutinhoshellen1@gmail.com

Anônimo disse...

pois eh galera...
mais um na mesma...
cansado de sonhar, sonhar e sonhar
parece que imaginar uma vida que não existe
já virou uma compulsão, meu ópio!!
terminar o ultimo ano da facul
trancada há 2 anos tah complicado
manter um convivio social torturante e ainda
estudar sem prazer, hj parece quase impossivel..
fora o fato de tentar estudar pra concursos
e nunca conseguir dar sequencia aos estudos..
namorada, amigos, familia, td aparentemente em ordem! (apenas aparentemente)
psiquiatras com seus remedios, psicologos com suas teorias
e nós continuamos os mesmos =(

Anônimo disse...

A gente se culpa demais por nao saber o que fazer da vida, porém o que sinto, é que somos todos pessoas que pensam em excesso, bate um desespero, mas no fim acabamos nos confortando com alguma alegria efêmera.
E se soubesse o que fazer da vida, seria mais feliz??? Ninguém nasce pré-determinado, há pessoas que se conformam com o que tem e outras querem sempre mais, são insaciáveis.
E quem disse que um é melhor que o outro, se por um lado vc enxerga as pessoas que parecem bem resolvidas como felizes, estas podem muito bem estar pensando como deve ser bom ter coragem de mudar. E quem muda são apenas os indecisos e inconformados,estes por sua vez tentam um pouco de tudo, não parece nada no fim, mas a experiência adquirida é invejável. Só este tipo de pessoa se dá a liberdade de recomeçar, olha quantas vezes muitos de vocês já mudaram de curso, cidade, namorado, emprego... o pior é se comparar com aquele vizinho ou amigo de vida pronta e perfeitinha, até que ponto é melhor assim, será que ele é mais feliz?
A vida é única, é preciso tentar sempre, mudar o máximo, enfrentar, e parar de se culpar quando tudo dá errado...Sinta-se feliz por ser flexível e não desesperado por estar indeciso. Se for possível, me ensinem.

gustavo disse...

kra... eu li isso e vi minha vida... talvez nem eu proprio pudesse deescreve-la tão bem.

Anônimo disse...

Olá. Estive Lendo seus posts e queria lhe perguntar.Você tem mil e uma vidas 'perfeitas' que você imagina que gostaria de viver, mas nunca chega a uma definitiva.E não importa o quanto você tente não consegue para de sonhar nem contruir metas possiveis para sua realidade.E´como se minha alma estivese no meu mundo e meu corpo aqui, perdido nesse mundo que me aprisiona no tédio das salas de aula com todo aquelas contas e frações numéricas que, aos meus olhos não passa de lixo.Mas enfim...Eu não consigo suportar a idéia da vida ser algo tão imprevisível.Eu gostaria de ter completo e total controle dela, de ser livre.Vou completar 17 anos e não tenho a menor idéia de como vai ser minha vida ou o que vou fazer dela.Me sinto atordoado e 'viciado em sonhos'.As vezes eu só queria durmir para sempre.Não sei.Sei que vocês não podem me ajudar e agredeço a atenção.Só queria dizer o que meu coração está gritando e ninguém pode ouvir. Um feliz 2010

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Anônimo disse...

Nossa galera, eu não imaginava que tinha tanta gente na mesma situação q eu.. isso até q é confortante...rsrs Bom, eu to num dilema incrivel..Estou com 26 anos, formada a 3 anos em Direito, e até hoje não sei se fiz a escolha certa, ainda não me achei na profissão.. Já pensei em mudar de área (mas pra qual área??? penso nisso desde que me formei), ja fiz cursos tal, mas ainda nao me achei... Já pensei que isso ocorre pq trabalho com meus pais, mas tb nao é justo culpa-los por um problema mental meu, apesar de ser a vontade deles trabalho lá pq quero (não é!?). Levei a faculdade de boa, não era nada que me apaixonei, mas ia levando. Eu namorava, era feliz. Só que me formei, terminei o namoro, e de quebra essa pessoa faleceu, fui ao fundo do poço, ainda luto pra me recuperar (já faz um ano e meio). Tudo isso me ajuda a me manter mais perdida... Então retomei os estudos na área pra passar em algum concurso, mas nao consigo passar em nada... ó indefinição... Voto pela fundação do APA...rrsrsrs Bjs a todos os perdidos.. Cris

Anônimo disse...

ta ta hora de escrever
só li os primeiros comentarios o resto virou bla bla bla na minha cabeça
eu tb tenho mtos EUs na minha mente me dizendo oq fazer o tempo todo
e cara como eu odeio eles
quando ao q vc faz da vida nao sou eu quem deve lhe dizer
mas pelo menos posso dizer q um bo jeito de amenizar ou matar os Eus dentro de sua cabeça é com meu velho amigo alcool
mas lembre-se vc estara silenciandos seu Eus q afinal sao vc mesmo
_Ironico talvez

Anônimo disse...

AIaiai...tb estou na mesma situação que vários aqui, tenho 28 anos, sou casada, arquiteta há 5. Não sou apaixonada por obras, mas gosto de arquitetura. Já pensei em ser várias coisas ao mesmo tempo e não faço nada. Meu sonho era casar, casei e agora?? nao sei o que quero da vida, ja pensei em vender roupas, abrir um negocio próprio, fazer outra facul mas logo desisto..DEFINITIVAMENTE não sei o que fazer..nao quero ser funcionária, não quero prestar concurso público...nao sei o que quero fazer..quero tudo e nao quero nada...aia ia indecisÃO.

Renato Camargo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Não sei se te digo pra ficar calmo, mas procure fazer algo que vc curta que te dê prazer como profissão,eu me formei há quase 2 anos e descobri que gosto apenas de estudar,mas não quero trabalhar com isso, e agora?

Jéssica disse...

Olha,realmente eu posso dizer que depois de todos esses comentários,eu não estou sozinha! Como diz uma amiga minha,se todas as nossas duvidas fossem só nossas,aí sim poderíamos ser taxados de loucos ou débis mentais.
Pois é gente,o problema é maior do que pensei....todos temos os mesmos medos,as mesmas angústias...Então pq será q isso assusta tanto se aparentemente eh normal???Afinal,kem naum diz q tem problemas e medos apenas esconde,pq no fundo todos somos seres humanos! O problema eh q nunca estamos satisfeitos com nada! Temos um sonho..depois que conseguimos,aquilo perde a graça e precisamos sonhar outra coisa... ou então se não conseguimos realizar...ah!eu não sirvo pra nada...vou desistir!!! Kem nunca pensou assim?eu jah fiz isso...
Tenho 20 anos e as vezes acho que sou uma velha,não consigo aproveitar a vida pq parece q nunca tah bom,ou falta algo,ou não quero sair hoje pq não quero falar com ninguem...mas no dia seguinte eu choro pq naum tenho ninguem pra conversar! Fala sério!
fora q me sinto muito burra por naum ser "ninguem" perante a sociedade..mew..eu naum gosto do meu emprego!!! mas preciso arrumar outro,melhor,q ganhe mais e de preferencia q tenha q andar bem arrumado pra eu me sentir importante..mas q emprego bom desse jeito se eu naum tenho faculdade? aliás...eu nem sei oq kero fazer da minha vida...as vezes soh gostaria de ter 11 anos de novo...a vida era fácil...
Todos os dias tento descobrir alguma koisa nova em mim,pra saber o pq de tanta confusão an minha cabeça...mas naum consigo descobrir nada!entaum como vou poder lutar por algo se eu naum sei nem o q se passa dentro de mim? e eu jah vi q isso naum eh soh coisa de adolescente...Pq algumas palavras quando nos são ditas parecem ter uma esperança pra uma vida melhor....mas depois elas simplesmente se perdem no ar e tudo volta a ser como antes?Que poder eh esse q temos e naum conseguimos usar??? pq tudo está na nossa mente...se pensamos positivo acontece,mas pq pra gente naum?Precisamos de um manual pra viver...ele ateh jah existe..há muitos e muitos anos..mas ninguem soube decifrá-lo e adaptá-lo pro cotididano...é a bíblia!Mas pq a gente gosta de complicar td?pq?
a vida eh pra ser vivida,todos sabem disso..mas como se naum podemos hoje em dia confiar em ninguem? eh dificil seguir sozinho

Anônimo disse...

meu amigo,primeira vez que leio o blog,e lendo me deu a maior deprê do mundo,eu sempre pensei em ser um monte de coisas e acabei nao sendo nada,ficar parado pensando o que vai ser nao leva a nenhum caminho,nao ve eu,ja com 40 anos e ainda to pensando o que quero ser,acaba que vou morrer pensando o que quero ser e nao vou ser nada.

Anônimo disse...

Sabe eu comecei a ler o blog e me interesei e fui lendo, lendo acabei por le todos os comentarios vi q ao decorrer foi tornando todos os comentarios em prol de (crise existencia) e me indentifiquei com muitos fatos, enfim me indentifico muito com q o autor disse suas mudanças e tudo mais... Eu comecei a lere pensei em deixar um comentario até o final da leitura de todos ja tinha mudado de humor umas 5 vezes e agora nem sei mais oq eu ia escreve, sei la num momento acho que não tem mais jeito que não tenho mais forças para superar oq passou oq oq estar por vir... passei por tantas coisas que nem sei, as vezes ja me sinto com voltade de recomeçar ou de mudar de vencer ai penso amanhã vou acorda e boto td em pratica (digo amanhã pq normalmente isso é de madrugada) ai acordo com voltade de morrer de sumi ou de pegar a mochila e sair por ai e ter varias experiências, eu não gosto de sair de casa, mas antes eu era diferente uma pessoa super pra cima, animada dedicada determinada nossa lembro que conversava com todos, comprimentava até o cachorro era vendedora e minhas clientes acabavão se tornando amigas sei la. Muitas pessoas até quem mal me conhece acaba sempre me procurando para desabafar, mas hoje não gosto muito de ver ninguem, sinto uma dor no peito uma angustia... referente a facudade ja pensei em varios cursos ... mas um muito diferente do outro... Enfim men sei mas oq queria falar axo que ia falar um pouco de min.. Bom tenho 20 anos comecei com o projeto da minha empresa aos 14 anos, trabalhei em outras empresas, nunca gostei de sair ou algo assim, me dedicava a trabalha e estuda ai aos 16 anos com a loja e a fabrica td indo muito bem até que fui como dizer lograda por 5 funcionarias e 3 amigas, ai perdi td que construi sozinha vim de familia umilde e sempre batalhei muito, me tirarão td... Pensei que poderia recomeçar mas não deu.. Enfim oq quero dizer a vcs é que não saber oq fazer é normal todos passan por seja qual for a idade sempre é bom analiza a vida e ver se esta como vc desejo e se não estar nunca é tarde de recomeça, sei que ao ler vcs podem pensar ela não sabe como estou mas pense sobre isso tem uma fraze que diz assim " não se pode ter um futura se vc não entender seu passado" então nunca é cedo ou tarde de mais para analiza a vida afinal "Uma vida não questionada não merece ser vivida." (Platão)
Eu sei dq gosto oq quero mas não tenho mas como recomeçar, talvez tenha... mas a desepção dentro de min sempre fala mais alto...

Bjuxsss a Todos...

Anônimo disse...

que graça sem a vida, se todos acabam mortos.

Anônimo disse...

tb não sei o que vou ser se já sei que sou o que não queria, é tudo tão confuso, tudo tão sem sentido e já é tão tarde...... Viver é respirar? só isso?

Anônimo disse...

eu estou passando pelo mesmo dilema d todos vcs...
minha mãe me humilha todos os dias, já não falo mais com ela..pq não tem nada pior q já ta no buraco e vir alguém d afundar mais....

Brisingree disse...

Assim como muitos de vós encontro-me na mesma situação: 18 anos, notas para entrar em vários cursos, mas irremediavelmente indecisa sobre tudo o que concerne a decisões sobre o que fazer da vida. A família, tal como referiram, ainda faz mais pressão, considerando-nos como falhados, fracos e incapazes, puxando-nos cada vez mais para o fundo do já enorme poço onde estamos.
O que mais me surpreende é que ouve um dia em que fui determinada, estudiosa e que pensava que um dia ia ser alguma coisa na vida. Agora sou simplesmente uma pessoa com a síndrome do sonhar, sonhar, sonhar... como se a vida dentro da minha cabeça fosse muito mais real do que a vida quotidiana. Como se eu não devesse sequer existir, acho sinceramente que não fui feita para viver a realidade como o resto do mundo. Quando pergunto a amigas minhas porque razão elas escolheram o curso que escolheram, a resposta é sempre a mesma: eu simplesmente escolhi este curso, não era uma coisa com que eu sonhasse, mas acabei por descobrir que gosto. Talvez esse seja o nosso problema. Temos que nos decidir por algo que achemos que iremos gostar e depois, se gostarmos minimamente, dedicar-nos a 100% e começar a dizer a nós próprios que isso é o nosso destino, até que acreditemos. Penso que seja isso que as pessoas normais fazem. (excepto que pelo menos a mim me falte a determinação e a capacidade de ser decidida e manter a mesma opinião por muito tempo).
Voltar no tempo seria bom, ser novamente uma criança, onde as decisões eram tomadas pelos outros…
Por vezes acredito na reencarnação e que vivemos uma série de vidas com o objectivo que aprender mais. Talvez a nossa missão nesta vida seja exactamente aprender a viver com esta condição e aprender que apesar de indecisos e de nos faltar a vontade para começar e acabar coisas, não iremos ser bem sucedidos se não tentarmos extinguir as más consequências que esta característica da nossa personalidade nos traz. Por outro lado acho que tenho uma boa capacidade para enxergar os dois lados de uma questão e considero isto a parte boa que equilibra a indecisão.
Bem, se quisesse poderia ainda continuar com este testamento, mas penso já estar suficientemente alongado. Só mais uma coisa: como acredito piamente nos horóscopos, acredito que o nosso problema seja característico dos piscianos (o meu signo é Capricórnio, mas o meu ascendente é peixes). Mais alguém tem o signo ou ascendente peixes? Queria só verificar se está relacionado...
Obrigado

Bebete & Rebecca disse...

Oi, hoje eu pensei o que eu vou fazer da vida...aí joguei no google esta frase, e apareceu este blog interessante, alguem percebeu que ele está no ar a 3 anos com uma única questão...e que é a mais cruel de todas as verdades...o futuro...Que ninguém consegue dominar e assombra a cabeça de tanta gente...O meu, o seu o dele, e o daquele ali também...Todos nós sofremos...sentimos o vazio e duvidamos de nós mesmos o tempo todo...todas dúvidas que temos, e a vontade de saber logo antes de errar.Por quê se errar é tão humano, e se a gente não erra como é que vai saber? Não sei...Só sei que amanhã eu vou tentar acertar e não repetir os mesmos erros...
è com 1, 10, 20 até com 60 anos a gente vai continuar com está dúvida...A cabeça do homem faz ele ser assim naturalmente...
Na dúvida pergunte ao sábio...
Ele também errou, acertou e conclui que tudo na vida passa, o bom e o mal momento, tudo, tudo passa, só a gente fica pq, nós somos reais, o resto tudo é um sonho...

Japa disse...

parte 1

Oi!

Acho que como a maioria, coloquei no Google "O que fazer da vida" e vim parar aqui.. li o post, os comentários e, apesar de continuar nesse bendito dilema... me ajudou bastante só fato de saber que não sou o unico "perdido" no mundo... kkkkk
Mas já avisando.. não tenho a resposta :/ mas vou contar um pouco sobre a minha vida :)

Bom, tenho 22 anos e a +/- 13 anos moro no Japão.(vim com os meus 9 anos de idade) Cheguei aqui sem saber falar nem um "bom dia" em japonês, sem saber ler nem escrever tb.. entrei em uma escola japonêsa que não havia estrangeiros. acho que essa foi a primeira barreira da minha vida, mas como toda criança, me adaptei rápido e com 6 meses já conseguia conversar, ler e escrever o alfabeto mais "fácil" (Hiragana e Katakana.. kanji não sei até hoje :P) Terminei o fundamental em escola japonêsa e depois fui para uma escola Brasileira aqui mesmo no Japão para fazer o médio.
Apartir dai começou o dilema da minha vida.. O que eu quero fazer? Em que eu gostaria de trabalhar? Que cursos devo fazer? resumindo, o que fazer da vida...
Hoje com 22 anos, Aliás.. até ontem.. eu trabalhava na empresa do meu pai.. mas sinceramente, só pra não ficar parado.. pois des de que eu terminei o ensino médio que eu fiquei pulando de serviço em serviço.. trabalhei em fábrica de auto peças, plásticos, lustres e em Pachinko. até que em uma conversa com o meu pai, ele me chamou para trabalhar com ele, ajudar na verdade.. e com o tempo ir aprendendo e quem sabe, não pegar gosto pelo negócio da familia né...
Mas infelizmente eu nunca consegui me sentir bem lá no escritório, tanto com os outros funcionários quanto com o serviço em si.. pois como eu não estudei e nem fiz uma faculdade, não tinha muita coisa em que pudesse ajudar.. maior parte do dia eu ficava sem ter o que fazer e isso começou a ficar chato com os outros funcionários, pois trabalhando ou não, eu estava recebendo um salário. sinceramente.. eu comecei a me sentir mal lá no serviço e de uns tempos para cá, com a desmotivação.. fui perdendo a vontade até mesmo de ir trabalhar.. com isso acabava indo embora mais cedo, chegava atrasado.. isso quando não ia.. até que hoje, escutei umas verdades do meu pai e fui mandando embora ;(
Sei que o errado foi eu, e não culpo ninguem por isso ter chegado ao ponto que chegou, tanto que nem discuti com o meu pai.. só falei ok e estou a procura de serviço novamente.. e pelo visto, negócio vai ser virar peão novamente >.<
Tenho uma irmã mais velha (1 ano de diferença) que sempre me ajudou. mas mesmo sem querer sempre fui comparado com ela e eu mesmo acabava me comparando... hoje ela já foi 2 vezes ao Canáda e alem do japonês e o português sabe fluente o Inglês.. final do ano quando voltar ela vai ao Brasil fazer Faculdade ou curso Técnico.. e já trabalha como Webdesigner ou seja, ela já descobriu o caminho em que seguir e eu acabei ficando para tráz.. sendo que eu pelo fato de ser Homem, sempre fui mais cobrado com Estudos e em "ser alguem na vida"

Sabe, mesmo quando pequeno eu nunca soube responder quando me perguntavam "O que você quer ser quando crescer?" mas sempre achei que quando eu fosse "adulto" eu saberia... hoje, com 22 anos ainda não descobri.. sempre fui empurrando a vida, sempre fugindo das minhas obrigações e decisões..

Japa disse...

Parte 2 (não coube em 1 só .-.)


Já pensei sériamente em me matar.. durante 2 anos fiquei com isso na cabeça, cheguei a pesquisar várias formas para se tirar a própria vida. mas sempre acabava pensando nos meus pais. e sabendo o quanto eles iriam sofrer, mesmo tendo um filho como eu.. decidi que esse seria o caminho mais fácil para mim, mas longe de ser o caminho certo.
Sempre fugi e me escondi dos meus problemas, e não quis continuar com o mesmo erro...
Apartir de hoje, querendo ou não, sabendo ou não, tenho que dar um rumo na minha vida... tempo já não tenho mais.. escolhas sempre temos várias. mas nunca temos tempo o suficiente para escolhermos com calma...
só posso dizer uma coisa, não desistam. como eu não pretendo desistir e um dia ainda vou ajudar meus pais, assim como eles sempre me ajudaram.

pense e escolha o caminho certo e não o fácil e comodo.. uma coisa que meu pai sempre me disse e eu nunca fiz.. sempre acabava indo pelo lado mais cômodo e mais fácil.. :/
porêm, hoje sei o resultado de se pegar o caminho fácil porêm errado... resulta em problemas, dor de cabeça e atraso de vida...

acabei desabafando aqui né >.< kkkkkkkkkkk

Desculpem qualquer coisa e erros de português.. afinal estudei no Japão.. ou seja, tive aulas de lingua japonêsa e não portuguêsa.. haha xD

Abraço para todos e boa sorte na vida de vocês!

ps. Quando eu finalmente ter virado alguem na vida, volto aqui e posto a "Resposta" a essa pergunta, ao meu ponto de vista :)

Anônimo disse...

pois é...
mais uma indecisa no pedaço. Tb não sei o que fazer da minha vida e confesso que está cada vez mais dificil escolher um caminho.
Todos os dias choro e peço a Deus para que me de forças e coragem para seguir em frente.
Tenho 24 anos, sou formada, já passei num concurso, desisti da vaga, justamente por não me sentir realizada na profissão e estou louca pra me encontrar. Acho que sou sonhadora demais!!! Meu maior sonho é encontrar um trabalho, no qual eu me sinta feliz ... e que não tenha que reclamar por ter que ir trabalhar.
A pressão na família já está aumentando e acho que vou ficar louca se não me encontrar logo rsrsrsrs.

Me perdoem o egoísmo, mas confesso que tb fiquei feliz por não estar sozinha no mundo da indecisão rsrsrs...
Li todos os comentários e me idenfiquei praticamente com todos.

Abraços e vamos com fé !!

Anônimo disse...

Ao que parece há uma crise mundial se espalhando.
Se pensarmos melhor veremos que esse "Não sei o que fazer da vida" é bem recente, antigamente não tinhamos tantas opções quanto temos hoje. Talvez por isso as pessoas eram mais felizes e realizadas.
Ultimamente tenho lido vários filósofos, mudado meus pontos de vista, procurado incanssávelmente algo que me dê prazer. Não quero muito sabe, só me apaixonar por uma profissão e ter um dinheiro pra viver. Seria feliz assim!?, ou não, vai saber.
Dostoiévsk disse uma vez que o grande mal da humanidade é a inteligência, quanto mais inteligênte somos mais vemos o quanto somos infelizes.
Não se preocupe se vai arrumar algo que ame fazer na sua vida, não existe um protocolo dizendo a data certa para fazer isso.

Anônimo disse...

O pior não é desistir, é nunca ter tentado.
Somos seres de puro sentimentos.
Os nossos sentimentos estão aí para isso mesmo, testar-nos todo tempo.
a alma é eterna o corpo é perescível.
Me sinto só em meio a grandes multidões, mas não é porque eu não conheço ninguém, é porque a minha alma é solitária. A diferença do outro me incomoda pois todos nós no planeta inteiro podemos ter afinidades, mas nunca existiu e nem vai existir pessoas que vivem na mesma sintonia de pensamentos, atos, palavras e atitudes.
Nós somos seres únicos e é ai que começa os grandes conflitos,é o bastante você não concordar com alguém , ou não gostar, que as diferenças agridem.
Portanto, não espere que ninguém lhe traga flores, plante o seu jardim e decore a sua alma.
Me sinto só, mas sozinhos nunca estamos.
Tudo passa nenhum dia é igual ao outro. Beijosssss!!!!!

Anônimo disse...

Então vamos lá. Sou desenvolvedora de software, lider de equipe e tenho 23 anos.
Como todos sou mais uma perdida no mundo.
Cheia de certezas e incertezas.
Vou contar primeiro minha história e depois vejo umas conclusões...
Sempre fui muito dedicada a tudo que fiz, fui campeã em um esporte, xadres, física, faço arte como hobby, estou tentando aprender bateria, consegui um bom ingês estudando sozinha.
Cursei escola pública, mas consegui estudar em um excelente lugar devido a esforço próprio. Formei-me no curso, consegui uma ótima vaga no mercado de trabalho e sou muito mais nova que todo o resto da minha equipe. Vida da qual me orgulho, mas especialmente esse ano veio me um vazio interior quanto ao que fazer dela. Pensei em várias áreas bem distintas. Adoro meu emprego, mas penso que não o aguentaria pelo resto da vida. E, posso dizer com tranquilidade, dinheiro não trará sua felicidade. Não sou depressiva, mas tem dias, como hoje, que penso em desistir de tudo por falta de vontade de continuar... Acho que acabarei sendo professora, mesmo podendo vir a receber pouco, acho que esse sempre foi meu sonho, mesmo tendo o negado a mim mesma. Minha família não me apoia nem um pouco nessa decisão, acham que estou desperdiçando uma grande chance.
Bem, acho que estou investindo na minha e felicidade para não ter que voltar a esse site daqui a uns anos.
Bom, acho que disse as coisas boas da minha vida para me acalentar, mas houve muitas ruins consequentes disso. E para não me deprimir contando, prefiro não contar.
Deixo umas dicas para a posteridade:
1- Faça o que gosta sempre que possível. Acho que é o princípio básico da vida.
2- Esteja do lado de quem gosta. Isso é mais que fundamental.
3- Conheça: pessoas, sabores, amores, lugares, amigos... Para nós indecisos, muitas opções podem piorar, mas expandir a mente, na minha singela opnião, é sempre um bom caminho.

4° e mais importante: desligue o computador e vá ler um livro.

Anônimo disse...

Eu, já nem sei mais o que fazer também, sei lá, minha vida mudou nos ultimos tres anos demais, eu era uma pessoa alegre, divertida, era o maior "pegado" da escola(hasohsaooaushous, mas derrepente, tudo começou a cair, e as duvidas, e tudo, tudo fiko foda, eu tinha um sorriso bonito, e meu dente entortou bem na frente ai tinha vergonha de sorrir, parei de ficar com as meninas, tenho 18 anos agora, um razoavel emprego, vou começar minha facul de sistemas de informação, e na vdd tipo esotu esperando que a minnha vida mude para melhor, assim como mudou para pior, sou como todo esse blog descreve tambem, desanimado, indeciso e confuso as vezes todos me dizer ser inteligente mas eu não me acho inteligente como alguem inteligente seria assim como eu sou? tão melancolico........

Anônimo disse...

Olá, tenho 25 anos, e ja fiz um curso superior e 1 técnico pela metade ambos pq logo logo as coisas ficam insuportáveis de continuar, ja tentei tocar baixo mas enjoo logo, ja fiz aulas de judo, equitação, vela, remo, hipismo, isso pq os esportes normais não me atraem nem um pouco.
Gosto de várias coisas mas nenhuma o suficiente pra me focar muito tempo nela,nem quando eu era menor que jogava MMORPGs conseguia evoluir muito o char pq enjoava logo de upar... tbm n gosto de perder, logo, n gosto de jogos de tabuleiro, etc... e quando saio com meus amigos se n estiver rolando nada interessante vou pra casa, prefiro ficar sozinho do que num lugar cheio de gente e detesto shoppings cheios, festas, etc... so consigo me concentrar em coisas que me interessam, o cerebro n consegue focar em algo que eu n goste. Acho que tenho DDA, descobri agora quando vi num post ai de cima e procurei no google...Apesar de ser inteligente e ter muita atenção só consigo usar estas qualidades quando algo me atrai aulas sempre foram uma verdadeira tortura eu me lembro desde pequeno disso e ate hoje não gosto de aulas nem de ficar num mesmo ambiente muito tempo.

Poderia ficar aqui falando por horas mas isso tbm enjoa -.-

Hoje levo a vida mais tranquila do que antigamente e nao me preocupo tanto com a opiniao alheia, deixei de ser tao timido quanto era antes e so penso em manter uma base financeira solida a longo praso que me premita viver tranquilo e com segurança pq carreira n me interessa mais, me interessa ler, estudar coisas que me interessam e colocar os meus projetos e sonhos a tona por mais excentricos que possam ser.

Abraços aos amigos do mesmo barco.

Anônimo disse...

...

Russinha! disse...

nao se preocupe pois nao esta sozinho!!! e se nao melhorar pioraa.kkkkkk..acredito que sao fases...e que tudo passaaa....eu ja n aguento mais ouvir que tudo vai dar certo..que a hora certa vai chegar...que na hora exata vc vai saber qnd teem q agir..mas ouu....se vc n quiser tb..nao tem nadaa q faça vc enxergar esse momento exato....entendo perfeitamentee pois estou assim....formei numa area q n gosto dela e quero fazer outra em area completamente diferentee...mas dai fico com vontade de voltar pra area inicial...aaaaaaaaaii...eh mto ruim.... so desejo sorteee pra vc...e q encontre o melhor pra vc (P.S: o q eh melhor pra mim?kkk)...q vida confuuuuuuuuusaaaa.........

Anônimo disse...

bom vejo aki pessoas de diferentes idades, dos 18 aos 40 e poucos..
-----
ha que ressaltar que pra galerinha dos 18 aos 23, voces ainda tao em fase de formacao de personalidade, eh NORMAL ter duvidas a respeito de tudo, sexo , carreira, namoro, amizades, cursos, familia etc.
-----------
agora pra quem ja passou dos 30 ( hj tenho 33) a coisa fica realmente complicada.

tenho uma profissao que muitos elogiam ou acham interessante- bombeiro! sim, eh legal em partes e interessante tbm a gama de assuntos e ocorrencias em q podemos atuar.

mas aos 33 anos e sem expectativa de crescimento profissonal e de salario $$$$ me sinto totalmente desmotivado. ano passado tive crises de panico, stress e depressao e fikei afastado por dois meses. agora trabalho somente em servicos administrativos.

Fiz uma facu de 3 anos na area de informatica....gostei..mas nao me apaixonei...nao consegui entrar na area na epoca...hj faco outra parecida....ja to no segundo ano...e a duvida batendo....q merda....sera q eh isso mesmo?
ser funcionario publico EH UMA MERDA vc se acomoda e fica com medo de arriscar.

Ja quis ser cantor, tenho a voz boa, ja quis fazer letras, adoro idiomas, ja quis ser mochileiro e fui, viajei um pouco, ja quis ser locutor e fazer dublagem, pq o povo me enche o saco e fala q minha voz e boa e potente.....enfim.....

ö vida complicada......hj faco tratamento pra ansiedade e depressao, mas nao me sinto deprimido, so desmotivado....
semana q vem comeco na psicologa espero q ajude.....

galera guardem uma frase minha....
nao importa se no final vc vai ser um pop star ou um bombeiro ganhando 2500 reais, ou se vai ser um dublador ganhando 10 mil reais ou um fotografo descolado e famoso....

o que importa mesmo [e voce ter consciencia que voce fez o maximo pra conseguir aquilo que queria naquele momento. se nao deu certo.
nao se culpe tanto.
Tem coisas na vida que nao eram pra ser mesmo. dai reside o grande misterio.

Nem tudo na vida podemos controlar
alias na vida nao controlamos nada...existe uma forca superior, chamada Deus ou de o nome que voce quiser..peca orientacao, medite, ore.....tente expandir a sua mente...pare so de pensar pegue uma caneta e papel e facao tabelas.....como num programa de informatica...um fluxograma...se eu nao for por esse caminho posso ir por qual./? eh arriscado...esse risco vale a pena, vou tirar proveito disso........

Gente a vida eh um misterio, nao sabemos nada do futuro, hj eu nao to legal, amanha poss estar feliz e assim eh a vida mesmo. cheia de percalcos e misteriosa.

abracos a todos

Anônimo disse...

Junior!

Boa noite Galera...
Eu tambem to nessa merda
Sabe, às vezes se acorda melhor, mas muitas vezes, já se acorda perguntando pra si mesmo, "o q eu vou fazer?" e durante a rotina, eu me questiono: "Será que a vida é uma jogo? onde há um limite em que vc chega e ao realizar sua tarefa, sua missão simplesmente poderá acabar." Muitas pessoas já morreram sem mais, sem menos, será q elas completaram suas missoes?
Ou será que há na vida uma categoria de gente desestimuladas, inúteis, infelizes, incapazes, solitárias ou sentem vontade de ser solitárias, desculpem ai se estou ofendendo alguem, mas podem considerar isso só pra mim, ...
bem, é complicado, não sei nem o que quero ser, pelo menos sinto q não sou ninguém, e depois que eu fizer o que eu quisesse fazer, eu q eu faria?...

Tempos Modernos disse...

Uau, ja se passaram mais de dois anos desde que o post foi publicado e ainda tem gente comentando.... me mostra que existe gente indecisa demais no mundo. Droga, não estou mais sozinha.... Devíamos formar um clube... Enfim, o post parece até ter sido escrito por mim, e já que me mandam desabafar (certo, eu de fato preciso de uma desculpa para fazer isso), desde que eu terminei o terceiro ano (exatamente seis meses atras) nao consigo fazer mais nada direito, nao consigo nem tentar direito, e aí eu mesma me aconselho a deixar o tempo passar... e talvez daqui a seis meses eu esteja de novo no google procurando o que fazer da vida.... Droga, quero um prozac. Enfim, excelente post com excelente temática.

Anônimo disse...

Tenho 23 anos, desempregado ah 3 anos. Tenho um curso tecnico em info sem concluir. Nunca pisei numa faculdade, mal terminei ah escola, aos trancos e barrancos. Hj tah me fazendo falta um diploma profissional, nao sei o que fazer na vida. Acho que tenho depressao por conta disso. Quando era mais novo queria ser jogador, dublador ou cantor. Os cursos que tem na minha cidade nao me animam, estou perdido. Quando eu tinha 18 anos, achava que os 23 nunca iriam chegar.

cds rs disse...

Tambem tô ralado, moro numa cidade do interior com uns 90.000 hb(nao tao ruim assim), mas o pior quando saio de casa sempre encontra pessoas que faz tempo q nao se vê, e sempre aquela perguntinha básica, que ta fazendo agora?, ta trabalhando a onde? Trabalhei por quase tres anos no meu ultimo emprego e ja faz quase um ano que estou parado.

Dani disse...

Tenho 20 anos e estou cursando computação me perguntando se quero continuar com esse curso ou não. Não tenho nada definido para a vida e, desde os 16, comecei a achá-la sem graça (conforme ela é moldada pela sociedade).

Primeiro passamos 17 anos estudando por base em notas, ou seja, perdemos 17 anos gravando coisas que vamos esquecer porque a sociedade nos julga por nossas notas e nao por nossos valores. Daí depois de terminado essa parte (ensino fundamental e médio), fazemos a prova mais "critica" (ao ver da maioria, ou da midia _ _') da vida que é o vestibular (mais notas). Passamos. Comemoramos (ou não). Dai começamos a cursar o curso, que num primeiro momento (antes de fazer o vestibular ate) pensamos que seria o curso dos sonhos, pois "é o que eu gosto", "o que eu sempre quis fazer", "abrange as materias que eu mais sei", mas com o tempo tu ve um "deja vu" da vida, teu curso é mais teórico que foi a escola, ainda há provas, trabalhos e prazoa menores, a faculdade quer sugar tua vida social para que sejas o melhor (isso se tu quer ser o melhor) e tu ve que ninguem tah realmente aprendendo e sim gravando as coisas pra poder passar nas cadeiras e ter um diploma logo pra passar num concurso publico e ganhar salario fixo pro resto da vida.

"Cursar a escola. Cursar o ensino médio. Cursar a Faculdade. Passar num concurso Público. Se aposentar. Aproveitar (tentar) o resto da vida."

Essa vida eu acho totalmente sem graça. E essa vida que eu consigo ver diante de mim, mas nao consigo saber o que fazer pra incrementar ela. Já tive vontade de mudar essa concepção de vida da sociedade, mas não sei o quanto iria custar, se eu realmente iria conseguir e por onde começar. Então fico na mesma aqui, pensando se fazer esse curso que estou fazendo vai me ajudar em algo ou se deveria estar fazendo outro que eu me sentisse mais confiante.

Eu ja estou cansada de viver a vida e não ver meus feitos retornarem algo pra mim. Não em questao de dinheiro, mas satisfação interna. Isso só aconteceu uma vez de fato, quando (na bolsa que estou cursando) um professor precisou do meu auxilio para arrumar um site dele e, mesmo nao sabendo exatamente o que fazer, eu consegui me virar e consertar o problema. Claro que eu tendo noção da coisa eu teria arrumado mais outras coisas, mas eu fiquei feliz e realizada, não por ter solucionado o problema em si, mas sim ver a satisfação estampada no rosto do professor, vendo ele realmente admirado pelo trabalho que eu fiz. Esse dia eu fiquei realmente feliz comigo mesma.

E pensando agora com vocês, acho que posso continuar nesse curso sim e tentar buscar mais dias como esse...

E talvez tentar a minha vontade de mudar a vida (da sociedade) como ela é. Nem que eu precise depois aprender mais sobre a sociedade e ver porque a vida esta como esta (para nós, pelo menos), porque, se eu conseguir mudar alguma coisa, acho que mais pessoas com satisfação estampada na cara vão vir ao meu encontro e mais feliz comigo mesma eu vou ficar.

Obrigada a todos que aqui postaram também. Foi refletir com vocês que me mostrou um caminho que eu gostaria de seguir. Eu espero poder ajudar alguém com essa pequena reflexao, acho que o que todos precisam é de algo que os deixem felizes, como o professor que cruzou meu caminho.

E acho que se nós todos não estamos felizes com como a vida é, nós podemos mudá-la se assim quisermos.

Obrigada mais uma vez.

Dani.

JúNiOr_DeSeNhO disse...

Pessoal... Eu ainda fica emocianado ao vir este post que faz tanto tempo que coloquei no blog sobre a indecisão do que fazer da vida... E à medida com que o tempo vai passando eu vejo que minhas dúvidas vão aumentando e mais obstáculos aparecem para que nós possamos superá-los, no fim a gente supera, mas a parte difícil é o decorrer desses obstáculos.
Passar aqui e ver que tanta gente vem e contribui com suas experiências, Às vezes tão parecidads, me faz pensar e me ajuda a ter uma força de vontade a mais. Pq nós todos juntos, nos ajudando e conversando assim, como se já nos conhecêssemos há tempo, podemos superar nossos problemas e pular para o desafio seguinte...
Como a Dani falou a cima, eu tb acho que posso continuar no curso que estou, depois ter ter passado por tantos outros e ter parado no meio do caminho. Agora eu quero seguir e terminá-lo.
Estou gostano muito de poder compartilhar com vcs as dúvidas que tenho.
Abraços, pessoal. E vamos à luta pq a vida tá aí.

[JúNiOr_DeSeNhO], o Psicopata On-Line.

Josi disse...

Bem pessoal, tbm estou assim... 30 anos, formada a quase 4 anos e pós graduada. Descobri uma coisa lendo as postagens:
1 - existem mais pessoas q são indecisas - isso alivia;
2 - aceitar a indecisão - não é o fato de ser assim e pronto, mas sim aceitar esse sentimento e aprender a lidar com ele;
3 - as pessoas que escreveram no blog, são relatos de muita cobrança com elas mesmas - assim como eu.

Então talvez seja nossa propria cobrança interna com a gente mesmo que nos faz ficar na duvida.

Pq encontrar algo para ser feito para o resto da vida, para sempre, sem poder errar, ou chegar mais a frente e trocar é muito angustiante. (parece q é assim que pensamos...)

Penso que não existe o lugar perfeito, pois a perfeição nunca vai ser alcançada...
e alguns ou a maioria de nós indecisos procuramos isso, a perfeição das coisas, das profissoes, as realizações perfeitas, a felicidade incoparavel.

Acho (indecisa rss), que deveriamos nao nos cobrar tanto, nossas escolhas sao escolhas, que podem um dia nao serem certas, portanto, podemos ERRAR simmm e daí??

Mas enquanto escolhemos algo, vamos levar, sem muita exigencia com a gente mesmo, é isso...

ps: adorei a ideia da APA

Anônimo disse...

entendo vc cinto a mesma coisas mas tem algo que ainda vai passar vc esconhera a facudade e sentira aliviado por isso mas quando terminar notara que nao fez diferença alguma alem logico de consiguir um emprego melhor hoje eu realizei a maior parte dos meus sonhos sabe o que aconteceu nada e mera fantasia nos sentimos felizes realizados mas logo acaba. pence nisso

Anônimo disse...

Estou impressionada. No fundo, no fundo eu sabia que não era a única. Mas ler esses depoimentos foi muito importante para mim. Eu sou o tipo que pensa que não importa que tem outros na mesma situação, o que importa é resolver o meu problema. Mas saber que tem pessoas na mesma situação de alguma forma conforta. Em certos momentos me achei louca por estar passando por essa situação. Pensei em desistir. Mas até desistir não resolve. Porque os dias se passam...e vc continua querendo encontrar a resposta. Procurei muito uma resposta.... e a única que realmente faz sentido para mim e que nós indecisos relutamos muito em acreditar "nós só vamos descobrir o nosso caminho tentando". A questão é que não podemos tentar para sempre, sem dar continuidade a nada, porque o vazio aumenta. Então encontrei outra resposta que me confortou. Você não precisa fazer apenas uma coisa... tenha um trabalho que te dê o seu sustento e outro que te dê prazer. Como? temos que aprender a dividir melhor o nosso tempo. É fácil ficar tentando? dar continuidade, mesmo não estando muito satisfeito? Saber dividir o nosso tempo? Aceitar que não fazemos parte do grupo que sempre soube o que quis, ou que se não sabe, consegue ser feliz mesmo assim? Não. Mil vezes não. É uma luta. E as vezes penso até que é um jogo. E quem é o vencedor? o que encontra a resposta? Não. O que consegue se superar, ainda que não tenha encontrado a resposta. Ele avança no tabuleiro mas não chega ao final. Desejo que todos continuem a trilhar o caminho. Que não desistam. Que se superem nos seus erros. E que descubram que o prazer tem que estar no caminho. Ainda que a resposta que tanto queremos não consigamos enxergar.

Anônimo disse...

O problema de sentido existencial é algo histórico que perpassa a humanidade como um todo. Veja só as diversas representações sobre as diversas realidades que os grupos sociais constroem para dar sentido a existência coletiva e também a individual. Eu tenho que concordar que descobrir quem somos é algo penoso, processual e contínuo... após anos na faculdade de história percebi que o sentido de nossa existência não é algo estático e que mesmo que vc saiba o que quer ser ocorrerá mudanças em sua vida mesmo que vc não queira. Não fiz um curso que gosto na sua plenitude, aliás entrei em parafuso e em depressão. Me afastei do meio acadêmico por não compactuar com a frieza da ciência e a idolatria da razão pela própria razão. Muitos me julgam como foragido ao me ancorar na religião cristã, e amar verdadeiramente Deus, Jesus. A grande questão é vc não ser religioso mas buscar o amor incondicional de Deus, que não é produto de uma única fé encastelada numa caixinha de um único proprietário. Deus é amor incondicional, e quem o busca sabe que Ele existe e o ajuda. Esse é o caminho, as demais coisas vão se encaixando quando vc permite que Ele te ajude, mas veja bem, vc tem que permitir... Deus não vai entrar em sua vida sem sua anuência. A Bíblia é um livro fantástico e pode te ajudar muito, principalmente os envangelhos e o livro de salmos. Após ler vários livros de auto ajuda, filosofia e história, nada adiantou, somente o amor de Deus. Ainda luto pra sair da depre... e achar meu caminho mas tem sido mais fácil fazer isso com Deus ao meu lado. Paz a todos.

Anônimo disse...

Vou deixar um link de uma mensagem que se você realmente quiser se ajudar é só baixar e ouvir, é uma mensagem do escritor Lauro Trevisan, boa escuta, aconselho ouvir essa mensagem todos os dias até firmar o pensamento.

eis o link: http://www.4shared.com/get/kXT5qApF/O_Seu_Pensamento_Faz_a_Sua_Vid.html

Anônimo disse...

sexo masculino. 16 anos. não sei o que fazer da vida. sou estudioso, tiro notas boas. gostaria de ser médico, mas sou pobre, não tem como bancar faculdade integral. os metidos a filósofos dizem " acredite no seu sonho" ou "se você quer você consegue" . Eu realmente tento acreditar nisso e levo esse lema, mas será mesmo que vou conseguir realizar meu sonho? será mesmo que vou passar em uma universidade pública ? será mesmo que posso passar na frente de várias pessoas de escola particular e que tentam medicina ? isso envolve politica e a minha condição socioeconômica. mas porque outros podem ? tenho várias perguntas sem respostas. as vezes eu queria para de pensar. esse final de semana vou ver se fico bêbado(em casa)pois não tenho amigos. dizem que psicologo de pessoas de baixa renda (pobre)é a bebida (em casa)pois não tenho amigos

Rayane *--* disse...

nao se sinta o único ser que sente isso , ja tentei me matar muitas vezes por nao saber o que eu quero, e nada adianta lamentar e querer se isolar : a vida é uma merda meu irmão, e nós as lombrigas da merda. Com o tempo isso passa e voce se decide , eu ja me decidi , não sei se consigo , mas vou ser psiquiatra e tentar resolver casos como os nossos . Grande beijo e se cuida

Danilo disse...

Já passou da meia-noite, amanhã é 2ª-feira, e eu deveria ir trabalhar. Mas não vou.
Tenho 21 anos, estou no 5º semestre de Administração de Empresas, e sou estagiário em um banco. Nos últimos 3 anos passei por três empresas, não fiquei nem 6 meses em cada.
Conforme o tempo passa, fico descontente e desmotivado com o trabalho, com o fato de pertencer a uma organização. Me sinto aprisionado e, quanto mais me firmo na empresa, mais eu sinto que estou me afastando do meu verdadeiro sonho.
Tomei uma decisão. Amanhã mesmo, vou sair de casa e alugar um albergue, ou qq outro lugar barato do tipo. Não vou suportar permanecer em casa sendo super criticado e humilhado por abandonar mais um emprego.
Meu verdadeiro sonho sempre foi cantar e dançar. Desde pequeno, minhas fotos em casa, na escola e com os amigos, sempre tinha um microfone na mão, mesmo que de brinquedo. Estava sempre subindo em mesas e fazendo apresentações pra família. No colégio sempre participei de apresentações musicais, e inclusive já ganhei em primeiro lugar um deles.
Mas sempre me acovardava, nunca fui de fato atrás desse sonho, em parte por desincentivo da família, que não via futuro, portanto nunca pagaram por aulas de canto e dança profissionais.
E o tempo foi passando, entrei pra faculdade, e fui arranjando estágios na área. Mas não é isso que eu quero, nunca foi o que eu quis!!!! Estou fazendo só pra não ficar parado, mas me afasto a cada minuto mais de quem eu nasci pra ser! Não tenho dúvida que esse é o verdadeiro motivo de eu estar descontente com meus empregos: não estar lutando pelo que eu amo fazer!
E ninguém pode tomar as decisões da minha própria vida, senão eu mesmo. Mesmo que tudo que eu faça no intuito de alcançar meus verdadeiros objetivos deem errado, no fundo não vai importar, porque terei tentado! Não iria suportar ficar mais e mais velho, olhar pra trás e ver que não fiz nada para me tornar quem eu sempre quis ser! Ainda sou bastante jovem, as cartas permanecem na mesa pra que eu jogue! E eu escolhi jogar, ganhar ou perder, não importa, só o que não quero é ficar assistindo!!

Danilo disse...

A faculdade não vou abandonar, por dois motivos: falta menos da metade do curso agora, e mesmo não querendo trabalhar na área, o conhecimento adquirido me vai ser muito útil, pessoal e profissionalmente. E também tenho bolsa de 100% numa faculdade de qualidade e reputação excelentes, ou seja, é um presente de Deus que não posso desperdiçar. Já o emprego, está descartado, mesmo sendo um banco enorme e ótimo para se trabalhar, com boa remuneração... não aguento mais entrar e sair de um lugar que não tem nada a ver com quem eu sou!! Não dá maisss!!
Eu realmente decidi ir à luta e ser feliz. Vou escrever uma carta pra minha mãe, e deixar em seu quarto. Lá também estarei me despedindo do meu irmão e da minha vó. Pretendo ir embora de casa amanhã, aproveitando que todos saem de casa antes de eu supostamente sair para trabalhar. Estou meio sem direção de pra onde ir, não sei bem o que fazer, mas sei o que não fazer: Ficar parado!
Vou procurar algum lugar pra alugar próximo à facul, pra economizar com passagem, e então me desejem sorte, pois todos os meus esforços estarão voltados a me tornar quem eu sempre quis ser. Vou trabalhar com eventos, em meio período, para me sustentar e também poder bancar aulas de canto e dança profissionais.
Não sei como vou fazer com as roupas sujas - não sei lavar nem passar. Não sei como vou fazer com a comida - não sei cozinhar. Só o que sei é que essas coisas não me desanimam, ao contrário, tenho tenta sede em perseguir meu sonho, que essas coisas farei com prazer!
OBS: Não sigam meu exemplo, não sei se dará certo. Há bastante loucura envolvida nessa minha decisão. Abandonar emprego em banco e toda a mordomia de morar com a minha mãe não vai ser nada fácil... tenho consciência que vou passar por momentos difíceis, mas tudo vai se encaixar... =)
Espero que todos também descubram o que fazer para sair dessa obscuridade que a vida de vocês, assim como a minha, havia se tornado! Dando certo ou errado, eu com certeza volto pra compartilhar com vocês minha experiência!

Beijos e abraços a todos, e boa sorte!!!

Danilo disse...

Olá, é o Danilo de novo! Vim comentar a experiência descrita acima...

É, não deu certo! Segunda-feira eu realmente não fui pro trabalho, aprontei minhas coisas, fiz minha mala e fui pra uma república próxima à faculdade, que eu havia contatado de manhã no mesmo dia. O que me atraiu foi o preço baixo, R$ 230,00, já incluso água, luz e telefone! Mas ao chegar no lugar, era um bairro horrível, cheio de prostitutas, mendigos e homossexuais, além de muitos com pinta de bandio. O quarto era pra dividir com outros 3 caras, e chirava mal, não tinha azulejo, era simplesmente deplorável... e pro almoço ia ser gordura de porca com arroz!! Arrgghh, quase gorfei!!

Obviamente dispensei, disse que ia passar a noite na casa de uma amiga, e caí fora... Voltei pra casa, desfiz a mala, liguei pro meu gestor e disse que tinha passado mal, fui no hospital e peguei um atestado... graças a Deus tive minha segunda chance, de voltar ao (ótimo) emprego, e pra casa! Depois dessa experiência, e de ver o estado deplorável que aqueles caras vivem, e trabalham com telemarketing, quase não sobra nada por mês, estou MUITO mais valor a minha vida!! Nunca mais u pretendo reclamar de absolutamente NADA da vida, pois ela é muito bela e sorri pra mim TODOS os dias!!

Agradeçam a Deus por suas vidas, e nunca façam algo tão estúpido quanto eu fiz, achando que seria o melhor, quando na verdade teria sido a pior decisão da minha vida, se tivesse se concretizado!!

Beijos/Abraços a todo, e fiquem com Deus!

Anônimo disse...

Ola Pessoal..
Quando tinha 19 anos que era hora de entrar para faculdade, poxa são tantas opções de faculdade que faz com que nos estejamos mais confusos ainda pois na epoca do nosso pais era poucas e facil de escolher. pois eu realmente não sabia o que fazer na vida e meu pai não me deu espaço que mandou eu fazer faculdade de qualquer jeito no fim na tentativa fiz 3 faculdades e parei logo ate que a ultima 4 eu fiz me formei para felicidade do meu pai mas estava perdida pois não sentia paixão ate começar trabalhar na minha area que acabei me interessando e hoje gostaria de me aprofundar nisso.
Hoje tenho 28 anos, casada, um filho no caminho e desempregada e fico pensando o tempo todo o que fazer na minha vida se monto negocio ou volto trabalhar na area, mas da medo!!!
Preciso enfrentar este medo!!

Anônimo disse...

mas o que eu faço da minha vida ???????????? afinal ??????? ass ; pri

Anônimo disse...

De 2007 até hoje 2011, e sempre alguem chega a um limite psicológico, de tentar ate escrever no google" oque fazer da vida "kkkkk
foi oque eu acabei de fazer depois de repetir oque geralmente venho fazendo a meses, tenho várias coisas para fazer aqui em casa, tenho otimos livros, tenho tv a cabo e amo cinema, amo games e tenho vários para jogar, vestibular para estudar, escrever algo, etc, mas oque eu faço? Deito na minha rede e passo horas, minutos pensando no que fazer e quando eu resolvo sair dela não pensei nada de produtivo, não resolvi nada, e tudo se repete. Ando frustado de não saber oque escolher como profissão, amo acima de tudo Filosofia, mas se formar para que? Pra ensinar em escola publica, não da, eng. da computação tambem gosto mas n me dou bem com exatas, letras tambem amaria fazer, mas não tem mercado, sou bastante realista e percebo que estou perdido. Será um erro sonhar, amar algo assim? E não poder trabalhar na área por que vivemos em um pais injusto, n consigo responder tambem. Me imagino em várias profissões e não consigo tomar iniciativa em nenhuma por ver que as oportunidades são quase inexistentes, cursar Filosofia seria tiro no escuro, e eu preciso de dinheiro para sobreviver e quero casar com minha namorada, eae, não sei responder tambem. Como invejo imensamente pessoas que descobrem cedo a sua paixão, que vivem pra isso e o resto que se foda, esse e meu sonho. Meu atual pensamento se firmou em deixar os dias passarem, fazer oque der vontade de fazer e ate isso e dificil pq fico preso na "rede" kkkk, quando ver a minha nota do enem, coloco em qualquer curso e whatever e pode ser que um dia a sorte bata a minha porta mas por equanto vou vivendo nessa solidão, esperando algo acontecer. Se matar, não tenho coragem, mas tavelz se eu descobrisse uma doença que iria me matar em breve ou ver a morte chegar ficaria feliz, mas sei la, mas ae eu não jogaria ps4 kkkkkkkkk e rir para não chorar ne galera.
bom, boa sorte a todos e que cada um se resolva.

XD

francielle disse...

Li o que escreveu parece ter sido escrita para mim,tô muito triste,nao sei o que vou fazer da vida e isso me angustia,tô com insônia a dias e penso,penso e nao vejo uma saida.
Acho que tô pirando euuuu que sempre fui sensata e sempre soube o que fazer nas piores horas,sempre dei conselhos e agora não consigo me dar nenhum,tô meio deprimida agente sai da escola e acha que tudo vai ser diferente e então tudo fica tao sem vida...
Cada dia que passa não consigo me encontrar parece que tudo desmorronou...
Quando esse martirio vai acabar,minha familia nao entende a pressao que estou vivendo acham que é frescura,mas para mim é demais,eu acho que vou procurar uma ajuda profissional,mas encontrar o seu texto e poder desabafar foi otimo.
beijoss,muito obrigada e me deseje sorte.

Anônimo disse...

realmente voce fala oque eu sinto,
mas voce so diz isso para que sós se sintamos bem porque a outros como nos ou porque voce realmente é assim?????????????????????????????????????????????????????????????

Anônimo disse...

Ultimamente nem sair pra ir no motel com minha mina tem me feito muito feliz, e olha que ela é bem gostosinha... tá difícil!

Andressa disse...

É bem isso ai

Eu pena acabei o ensino médio e me sinto na obrigação de escolher o que eu vou ser da minha vida, porque os outros ja estão traçando seus caminhos, porem, o que fazer? Sabe quando parece que nada é pra você? Que sempre tem algo que impede? As vezes querida ser isso, outras aquilo e acabo sem respostas!!!

Estou literalmente enlouquecendo, vo manda tudo a merda e ser mendiga que eu não me estresso tanto

Anônimo disse...

Bom minha vida sei lá as vezes paresse q está tdo bem, mas as vezes paresse q está uma merda, estou cansado já de tudo não sei mais oq fasso dela, tenho 17 anos teminei a escola no ano passado, estou na faculdade curssando agronomia as vezes me pegunto c é isso msm q eu quero e ae vai, sempre paro pra pensar na vida, pensar no presente e futuro, mas o final é sempre o msm...

Minha vida era outra coisa antes de namorar, saia com os amigos, curtia e tdo +, mas minha vida mudou dpois q a conhessi, ela me magoou d+, mas infelizmenti tda vez q vou tentar terminar com ela eu não consigo e isso sepre me arrepende depois, como não queria ter coração, sentimento, essas coisas, se não a conhesesse acho q seria outa coisa minha vida, não se mais oq fasso. estou ficando louco já...

Anônimo disse...

Bom minha vida sei lá as vezes paresse q está tdo bem, mas as vezes paresse q está uma merda, estou cansado já de tudo não sei mais oq fasso dela, tenho 17 anos teminei a escola no ano passado, estou na faculdade curssando agronomia as vezes me pegunto c é isso msm q eu quero e ae vai, sempre paro pra pensar na vida, pensar no presente e futuro, mas o final é sempre o msm...

Minha vida era outra coisa antes de namorar, saia com os amigos, curtia e tdo +, mas minha vida mudou dpois q a conhessi, ela me magoou d+, mas infelizmenti tda vez q vou tentar terminar com ela eu não consigo e isso sepre me arrepende depois, como não queria ter coração, sentimento, essas coisas, se não a conhesesse acho q seria outa coisa minha vida, não se mais oq fasso. estou ficando louco já...

Anônimo disse...

Nossa eu tb achei era só eu. Tenho 25 anos e não tenho a mínima idéia do que quero fazer. Tb sou assim penso que quero várias coisas ao mesmo tempo, e depois penso que não quero nada! Me formei em Direito sem gostar, comecei a trabalhar na empresa do meu pai e não gostei. Saí e resolvi fazer arquitetura. Com 2 meses de curso surtei e não quero ir mais, penso que tb não gosto de arquitetura e não quero fazer mais 5 anos de faculdade sem ter certeza! Eu não sei o que quero fazer!!! As vezes penso num concurso só por causa da estabilidade e dinheiro... meus pais e namorado me falam que já passou da hora de decidir! Essa sensação é horrível!!!

Renata Belmonte disse...

Olha... sem sombra de dúvidas o futuro assusta e complica nossa mente de maneira tão assombrosa que o nosso primeiro instinto é sempre chorar... e se nos deixarmos levar por esses pensamentos acabamos boicotando nosso crescimento como pessoas,nós somos jovens indecisos e nada mais... não somos vagabundos, não somos preguiçosos tão pouco somos acomodados, somos indecisos... tristes... desesperados.
Sedentos por um futuro que tarda!
Afinal é no passado que ficam as marcas das nossas decepções, pois o passado é tudo o que temos, o presente é o agora, esse exato instante em que nada acontece, nada muda e tudo permanece estagnado, e o futuro... é no final das contas a fonte dos desejos onde depositamos de maneira errada todas as nossas moedas!

Obrigado pelo espaço
Foi muito bom poder compartilhar algo e espero que ajude!

Marcos disse...

Caramba! eu tambem passo por isso entrei duas vezes na universidade e nao terminei primeiro eu fiz 1 ano de administraçao e parei depois fiz 2 anos de ciencia da computaçao e parei ai eu casei e vi que isso nao era oque eu queria e separei da minha esposa ate minha ex-esposa esta melhor que eu isso que ela é bipolar eu me vejo como aquela musica dos garotos podres que diz eu nao sei oque quero mais eu sei que vou conseguir aquela musica é que nem eu.

Marcos disse...

O unico conselho que eu posso passar para todos aqui é voces estudar nao importa o curso que for estude nem que de aquele maldito desanimo de pensar sera se isso é oque eu quero fazer faça porque de uma coisa eu sei tudo que plata se colhe e eu ja joguei muita oportunidade fora por pensar se é isso que eu queria mesmo mas agora eu ja tenho 31 anos e nao posso mais pensar se é isso que eu quero mesmo agora eu apenas faço as coisas sem pensar porque sei que se eu pensar eu nao faço.

Anônimo disse...

2007 até hoje 2012, e sempre alguem chega a um limite psicológico, de tentar ate escrever no google" oque fazer da vida "kkkkk(2) rs

Bem, sem delongas, me encaixo em alguma coisa dos comentários ...
Enfim, a vida é boa demais, apenas um pouquinho complicada (ok ok...talvez seja um "poucão" complicada ),escolha um caminho certo, errado, curto ou longo, mas não desista, vá em frente, há uma chance de vc tropeçar em algo maravilhoso !!!

Ah, eu não sei a chave do sucesso, mas a chave do fracasso é querer agradar a todos ...Não dê ouvidos aos que dizem que vc não é nada na vida, um dia as mesmas pessoas vão presenciar sua vitoria !!!

Boa Sorte para Todos !!!

#TamoJunto Vamos Conseguir !!!!!!!!!!!!!!!!

Daqui algum tempo, espero acessar esse blog e saber que todos aqui conseguiram achar seu caminho =D Pelo menos eu espero encontrar meu caminho, nem que pra isso eu use o GPS ... ih... ele tb não é confiável tb kkkk

É ...a vida !!! rsrs

Beijos

Anônimo disse...

Será que eu sou uma louca tbem? me identifiquei foi pouco com oque esta escrito... OMG to pirando.

Anônimo disse...

Fiquei feliz ao encontrar esse blog...não q eu esteja feliz com tantas pessoas perdidas e sem direção, é que eu vejo que eu tambem faço parte de toda essa confusão...Também comecei a facul 2 vezes tranquei e agora estou me formando no 3 curso de RH. Estou no ultima semana e trabalhando em lugar q aparentemente não vai me dar projeção e com um grande medo do futuro, sem saber se lá será uma boa escola q me prepare para o mercado real e agressivo, tbm as vezes acho q eu não vou dar certo, sonho demais e isso é em todos os aspectos , nos relacionamentos a mesma coisa...Tenho 27 anos e me sinto uma adolescente que não sabe o q fazer quando crescer!!Quem podera me ajudar??? abraços a todos os confusos como eu!!

Anônimo disse...

Olá Pessoal!

Li este blog há uns dois meses atrás, quando pensei em sair do meu trabalho... Foi uma época muito difícil, pois eu já havia trancado o curso de jornalismo, estava no segundo semestre, fui em duas aulas e tranquei. E então comecei a querer sair do meu trabaalho também, sou consultora de intercâmbio e nao estava rendendo o quanto gostaria, embora o maior motivo para eu ter saído hoje foi ver que a pessoa que eu estava trabalhando é mesquinha e não pensa da mesma forma que eu! Hoje vou sair, alias, daqui a 13 dias estarei saindo deste trabalho e ambiente não tão bons.
Vou fazer direito e começarei em agosto, gora já sei o que faer da vida!!!

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
a vida é uma piada mal contada, mesmo.
eu tb vivo assim , tenho 33 anos, vivo assim mas estou cursando a segunda graduação na area da educação; meu educação é o porre. mas amo isso , a vida é uma piada.
mas mesmo perdido na vida tenho como objetivo mais tres graduação na area dea educação, pelos prox 10 anos. fui felicidades para todos nós , o unico q nao esta perdido é DEUS q está la de cima ,fora de climas e fusorarios, serà q rindo de nosso desequlibrio, vou rir junto com Elekkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk a vida é bela mesmo.
amei tudo isso bjs fui
vss

Lina disse...

25 anos, formada há 1 ano e meio, trabalhando fora da área e totalmente perdida!

Neste momento desesperada a ponto de perguntar pro google "o que fazer da vida?". E surpresa ao ver tanta gente no mesmo desespero.

Gostei muito de uma pessoa que escreveu em 29 de dezembro de 2008 23:46 falando sobre paixões. Acho que falta a gente se apaixonar mais mesmo. Nem que a gente sofra depois. Mas precisamos da intensidade feroz da paixão para nos sentirmos vivos.

Eu me apaixonei meio sem querer pelo curso que me ajudaram a escolher quando eu tinha 17 anos. O curso foi me conquistando e no terceiro semestre já era paixão mesmo e eu sentia que não podia viver sem! Agora que faz tempo que eu me formei parece que o relacionamento esfriou. hehe Eu gosto dele ainda, eu tenho um carinho pelo curso. Mas agora eu não sei se vale a pena investir, tentar ascender essa paixão de novo e, quem sabe, ir atrás de um trabalho na área que eu estudei; ou se é melhor eu desapegar, admitir que foi ótimo enquanto durou e que a minha vida está em outro momento e eu preciso ir em busca de novas paixões...

Eu tenho esperança de ser apaixonada pela minha vida profissional, pelo menos na maior parte do tempo.

Nem que de tempos em tempos eu tenha que passar por este limbo e reavaliar meus dias.

Até lá, fica a dica: Poesia TABACARIA do Fernando Pessoa.

"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. (...)"

Alan disse...

tenho quase 23 anos. A universidade tá tão chata, n suporto assistir nenhuma aula mesmo q o professor seja bom. Faço Física, 6º período agora, e como podemos ver também recorri ao nosso google. comecei a fazer esse curso do nada, passei no vestibular com 11 pontos de 50 na processo seletivo, a nota de corte era 10 pontos. ai pronto, a hora eh essa. tive q estudar longe de onde morei durante 21 anos para começar a tão sonhada graduação. Foi lindo, durante 1 ano estudei muuuuuito, foi mágico, aprendi bastante coisa devido a dedicação que tive. depois de 1 ano, descobri q o meu curso forma um monte de otário salvo algumas pessoas. tive um professor coordenador do curso q pegou muito no meu pé. A saudade de casa acabou sendo maior então, ai fiz uma prova de reopção de curso agora faço Física Bacharelado no campus na mesma cidade onde eu moro. desde q faço Física sonho fazer a modalidade bacharelado pois quando eu passei na primeira vez era licenciatura, mas agora q estou cursando perdi o tesão... put's n sei o que fazer da vida! pois n sei pro q estudar, se estudo para passar num concurso mas abro mão do meu curso, ou só estudo pro meu curso, ou se trabalho ai me ferro no curso q é bem difícil. vim parar aq rsrsrs!!! n lembro nada do q eu estudai na escola na minha vida toda, foram 12 anos "estudando" pra n saber nada de literatura, de geografia, história, artes, gramática, etc. a vida é boa (somos uma "máquina racional", seres pensantes) mas a sociedade exige tanto das pessoas q parece q temos q fazer algo pra participar dessa merda toda. ai da vontade de num fazer mais nada e ir pra uma ilha onde n terei q fazer nada além de caçar comida. n me sentirei obrigado a fazer nada, curso superior o carai, concurso público o cairai, trabalhar a vida toda pra alguém o carai, deixar políticos administrar parte do meu dinheiro o carai... pelo menos eu arrumei meu quarto ontem, concertei minha cômoda tirando as gavetas pondo no lugar delas um cabo de vassoura q cortei corretamente fazendo assim um belo cabideiro, muito legal isso, me senti muito útil, pois fiz algo ou construí algo pra mim, n pro meu "chefe". n trabalho mas vou estagiar na marinha começo dia 02/08 vou receber R$364,00 para trabalhar 20 semanais dando aula de reforço (estágio de nível superior ganhando só isso tem q gostar muito do q faz né?! rs). Mas será q isso vale realmente a pena?! meu curso nem pede estágio, vou fazer só pra não ficar atoa já que a ufes está de greve aquela bosta. não to estudando, to puto pois n estou estudando, n ta dando pra ficar com meu rabo na cadeira fazendo um monte de conta que daqui a um ano esquecerei como se faz. a pesar de valer a pena se pensar q estou adquirindo habilidades ocultas rsrs ou vamos dizer q estou ganhando experiência ou malícia. n tenho vontade de fazer aquilo q tenho q fazer!!!!!!!!!!! essa é a questão! gosto muito de fazer aquilo q vem sem pensar ai me sinto a vontade fazendo! bom esse é meu primeiro post aqui.

Alan disse...

é uma honra compartilhar e agradeço o espaço!

O que fazer da vida?? se eu me formar em Física ficarei muito muitoo feliz :) se eu fizer um concurso e passar vai ser só pelo dinheiro pra comprar um bom carro e casa como todos querem, também ficarei contente com isso. Terceiro é virar lutador de mma e pocar minha cara kkkkkkkkkkk pelo menos n terei energia guardada pra perder a razão e ficar deprimido, ta deprimido vai socar parede, vai arrumar um cara ou moça bem bonita pra realizar umas fantasias sexuais, e cuidado, n se case, só se valer muito mas muito mas muito a pena. pois n vá se casar se você n é feliz, pois vc fará seu parceiro ser infeliz também! por isso faça um monte de coisa doida na sua vida pra depois se casar!!! amigo é mais importante que dinheiro, então faça uma boa escolha!!! pow eu tenho 5 amigos do peito,dou meu rim se eles precisarem, é muito bom ter um amigo pra poder trocar qualquer idéia, pra te acorda de madrugado, pra te ensinar a se vestir, pra rir, pra te apresentar uma pessoa legal q ele conheça. seja humilde cara, porque tem tanta pessoa fil@ da put@, n seja mais um! mesmo q esteja no seu sangue querer ser melhor q os outros, querer humilhar alguém, pode ter certeza que um dia será vc o humilhado. seja honesto, sempre!!!!!!
Abraços, Alan

Alan disse...

Já me sinto mais feliz e motivado depois de ler alguns comentários e desabafar um pouco ao comentar aquí :D Boa Sorte ae Galeraa!!!

Alan disse...

quando eu digo q o meu curso estava formando um monte de otário estava me referindo apenas a uns formados no meu curso q conheço que são otários. n me refiro ao brasil todo, pois n conheço todos pra falar algo de todos

Holly disse...

Olá pessoal,li todos os comentários, e eu não sou a pessoa mais e experiente em nenhum sentido, mas já tenho uma bagagem de vida,morei em vários lugares,São Paulo,Campo Grande,Curitiba,Florianópolis,Porto Alegre e Atualmente em Maringá.Já cursei faculdade de Farmácia,Administração,Arquitetura,e decidi fazer Psicologia.Olha só pessoal, morei em vários lugares, e nunca consigo fica muito tempo em um lugar só,tenho essa "sede" de mudança, acho estranho, poucos entendem,mas mudar de cidade pra mim é sinônimo de esperança.Comecei vários cursos de nível superior, como viram acima, e não consegui terminar nenhum.Desde cedo me cobrei muito,queria a vida perfeita,e olha só hoje estou com 35 anos,faço faculdade de Psicologia pra tentar entender a mente humana, e quanto mais eu estudo e pesquiso, mais tenho a sensação que NUNCA vai existir cura, não existe fórmula certa, você não precisa entrar na faculdade aos 18 anos, e cursar um curso que sempre sonhou, se formar,depois passar em um concurso público,ou trabalhar em uma grande estatal ou multinacional, depois encontrar o amor de sua vida, casar, viajar, ter filhos lindos e decididos,viver feliz pra sempre, num ciclo de amigos, colegas e familiares que você julga os melhores. NÃO! NÃO! E NÃOOOOOO!
Parem com isso a vida é complicada mesmo,não só para nós que começamos e nem sempre terminamos tudo,que não sabemos o que fazer,nós viemos para este mundo exatamente para isso,quebrar a cara várias vezes, recomeçar quantas vezes for preciso,e quantos lugares for preciso, ainda bem que temos essa chance não é mesmo? Não pensem que se souber o que fazer da vida, seria mais fácil, não mesmo.A maioria das pessoas que conheço e dizem saber, dizem que sempre quiseram fazer "tal coisa" a maioria, só acha, mas no fundo não tem certeza e depois de um tempo descobre que estava se enganando. è normal, ter dúvidas, alguns por muito tempo, alguns por menos tempo, mas é normal meeeeeesmo! Cada um de nós veio até aqui pra se descobrir,pra desistir mil vezes e recomeçar mais mil vezes,levam uma coisa sempre com vocês.Vida estável, profissão dos sonhos, viagens, famílias perfeitas, não é tudo, e não se leva nada deste mundo. Só se leva o nosso crescimento, aprendizado, lições, então não nos preocupemos tanto, devemos fazer o que queremos, o que sentimos, e quando sentimos, isso é o que conta,só isso! E eu sempre escuto uma música do Engenheiros do Hawaii (Outras Frequências), acho que serve para todos aqui, escutem e analisem, faz bem. Outra coisa,comecei fazer yoga, o que está me ajudando muito, vai esta dica também, pode ser que o ajude também, pelo menos estou me conhecendo, me redescobrindo, se soubesse teria feito a 10,20 anos atrás. rsrs Um beijo para todos, se gostaram e os ajudou de alguma forma, podem entrar em contato comigo pelo email, holly_bella.bella@hotmail.com

bye bye

Anônimo disse...

É realmente incrível ao ver tantos depoimentos, descrevendo nossas experiencias vejo que muito de nos temos o mesmo problema, mas alguns podem ajudar uns aos outros, pois é verdade que o fato de estarmos meio que sem rumo a vida, isso é imposto pela sociedade que vivemos, quem disse que temos que ter uma vida já programada perfeita tudo planejado, qual a regra que diz que temos que saber o que fazer da vida aos 10, 20,30,40,50 60... temos que primeiro aceitarmos esse problema e buscarmos o que nos faz feliz, pois sera que essas pessoas que tem emprego certo já tem a mesma rotina durante anos tem boa estabilidade sera que são felizes, ou aquela pessoa que te diz que é decidida já sabe o que vai fazer sobre determinado assunto.. ninguem controla totalmente o futuro ele é incerto varias coisas inesperadas podem acontecer. Creio que o maior problema é que a grande maioria que não sofre desta situação que passamos não entendem nem querem refletir sobre isso, acham que temos que ser iguais a eles, mas nenhum ser humano é igual. E para aqueles que pensam que não, o ato de procuramos a resposta para nossa duvida significa que estamos procurando uma solução, isso mostra uma grande virtude que todos temos aqui, compartilhem suas , nossas, experiencias pois com o conhecimento é que vamos descobrir qual a melhor forma de lidar com isso, essa é a importância destes post's

Anônimo disse...

Isso ai sou eu todinho hehe.

Ivan disse...

Primeiro, uma frase que me veio a cabeça depois de ler alguns comentários:

"Não posso parar. Se eu paro eu penso, se eu penso, eu choro."

Essa eu aprendi no glorioso Exército Brasileiro, no serviço militar obrigatório. Passei minha infância e adolescência querendo ser militar, tive então a chance de conhecer um pouco o que eu planejava fazer pelo resto da vida. Resultado: Adorei, tenho saudade. Porém me desiludi com a profissão. Primeiro achei que o salário era baixo, depois o reconhecimento não valia a pena e finalmente, o que interessa de verdade? Realização? Dinheiro? Paixão?

Bom, minha história é muito parecida com a de todos vcs. Hoje tenho grandes dúvidas ainda sobre o que vou fazer pelo resto da minha vida(o que provavelmente não será uma coisa só). Felizmente tive força e ainda estou tendo pra pelo menos não abandonar meu emprego. Pois a faculdade já abandonei. Mas planejo fazer terapia. Vou me dar algum tempo pra entender o que realmente quero, entender minhas emoções e minhas dúvidas.

Mesmo que passemos a vida procurando algo, podemos nunca achar. Mas a procura no final vale a pena.

A vida é repleta de dúvidas e a raça humana ainda viverá muito com elas. E nós tbém.

Percebi que nossa cobrança por querer achar nossa paixão ou vocação como eu gosto de pensar, gera uma angústia muito grande. Pelo menos comigo é assim.

Além disso, por outros motivos. De estrutura familiar(ou melhor, a falta dela) eu sou bem inseguro, tímido e muito indeciso. Pois bem, por enquanto planejo apenas pensar. E não pensar em coisas que eu poderia estar fazendo, pois isso me desanima muito.

Vou pensar no agora, fazer meu trabalho direito. Pra poder ter tempo de pensar em alguma coisa, um futuro, uma paixão, um hobby.

Bom, escrevi demais. Mas ainda tenho vontade de escrever. Mas deixo pra outro dia. Preciso trabalhar daqui algumas horas, pois é segunda feira e eu 2h da manhã escrevendo no blog. Felizmente tô achando graça e não desesperador.

O desespero só nos leva pra baixo, mas a esperança nos tira do buraco.

Caso alguém quiser conversar ou até mesmo criar um grupo. Achei interessante. (APA hehe)

Abraços gente e força.

rinoros@gmail.com

Anônimo disse...

Olá estou assutada com todos esses comentários,,meu problema é não conseguir levar as coisas adiante, tenho 27 anos sou formada em curso superior mas não consigo me dar bem,, todo trabalho que começo acho insuportável e fico querendo sair quando estou em casa acho ruim tbm,, queria me dar bem em um emprego todo mundo tem um emprego fixo tipo menos eu,, fico muito triste com essa situação e as vezes me sinto mais incapaz que outros,,, com pouco estou vendo crianças que conheço formarem e se darem bem na vida e eu na mesma dependendo do pai,, é muito triste essa dor...

Anônimo disse...

Não sei se vocês já ouviram falar de uma pessoa que passou por tudo isso e venceu, na verdade ele sofreu muito mais do que tudo o que está escrito nesta pag. inteira, e essa pessoa pode falar com você e te mostrar o caminho para a felicidade ele não vai te cobrar nada por que ele faz isso de graça e se você acreditar nele a vitória acontecerá, pois ele é infalível essa pessoa é Jesus Cristo, não sei como está sua vida se você tem passado por momentos difíceis, se tem sentido solidão e insegurança no futuro, mais uma coisa eu sei Jesus quer entrar em sua vida, ele quer mudar todo esse cenário, ele quer ouvir suas dores suas angustias, como um amigo ele quer sentir o peso de suas lagrimas ele sabe exatamente o que está acontecendo com você ele já passou por isso tbm e ele quer transformar tudo isso em passado e te trazer alegria incomparável da qui pra frente, ele tem esse poder ele pode fazer isso, mas ele não é arrogante ele precisa ser convidado, incline sua cabeça ai mesmo onde você está desabafe com ele diga o que você fez de errado e o que fez de certo abra seu coração com ele e não esconda nada, pois ele conhece tudo sobre você ele sofreu e morreu na cruz e depois ressuscitou por amor, para que todos que crerem nele sejam salvos e venham a viver com alegria aceite você também a Jesus como seu salvador e veja como tudo realmente acontece.

Anônimo disse...

Às vezes acho que não serei capaz de conseguir conquistar, muitas pessoas acreditam que eu sou mais eu não sou, as pessoas acreditam em mim mais eu não acredito mim, estou cursando a faculdade e não estou indo bem, vejo todos se dando bem e eu não, fico triste em desapontar os outros, com meus fracassos pessoas que confiaram em mim, todas as pessoas que se aproximam de mim sai decepcionada, por isso às vezes penso em sumir em desaparecer, tem um vazio muito grande em meu peito, não consigo suprir isso com nada, todos os dias quando vou dormir penso que não queria acordar no outro dia.

Anônimo disse...

Verdadeiramente existem muitas pessoas como você, e eu sou uma delas. Já cheguei também a chamar eu próprio de psicopata, mas depois percebi que o que eu era na verdade era uma pessoa com a mente muito aberta, e por isso, quase sempre, vitima de crise existencial. Eu também já pensei muito no que iria ser no futuro sem decidir nada, pois quando era criança, eu dizia que queria ser cantor, e então, quando cresci e vi que as coisas não são tão fáceis assim, eu procurei pensar em outra coisa. Hoje, depois de ter pensado em ser advogado, psicologo, economista, e logista, decidi que quero trabalhar na área de petróleo e gás, e depois, montar uma própria empresa com o dinehiro que ganhar. Fiz 14 anos dia 4 de dezembro, e estou fazendo um curso desde outubro, que no terceiro ano, quando eu já for fazer 17, vai me especialisar em nesta área, e se Deus quiser eu vou realizar os meus sonhos. Isto é, mesmo sendo uma pessoa tão mente aberta e complexa!!!

Anônimo disse...

Maldito clone...

kinely disse...

E estou aqui hoje pelo mesmo motivos de muitos que percebi, mais isso na verdade nunca foi meu forte, deveria ter focado bem quando era mais jovem em o que eu queria fazer da minha vida, nao tive uma enfancia das melhores mais cinto muita falta de tudo, sabe começa com a separaçao dos meus pais, e algumas palavras que escuto meu pai dizer a minha mae em uma discuçao, que um dia ele iria ver minha mae em beixo de uma ponte pedindo esmola. Sabe nao sei bem o que senti no momento mais sei o que nao iria acontecer, isso foi um foco que coloquei em nao deixar nada de mau acontecer com minha mae estudava, trabalhava fazia o que podia para nao ver nunca aquelas palavras do meu pai si tornacem realidade, mais nao vou ficar contando toda a minha vida nao porque nao bastaria 100 dias para contar tudo, mais resumindo, terminei meus estudo, comecei fazer faculdade de engenharia civil, e mais uma ves na vida,nao levei adiante decidi vir para a europa, porque aqui parecia tuto mais facil, de uma certa forma foi estou a 5 anos aqui, e a um ano e meio atraz, consegui realizar umas das maiores meta da minha vida que era dar uma moradia diguina da qual minha mae mereceria, e consegui fazer isso graças a minha vontade de nao deixar nada de mau acontecer com minha mae. Depois de um ano e quatro mezes que minha mae estava no apartamento que eu a tinha consedido dar-lhe acontece o inesperado hoje tem dois meses que minha maezinha, nos deixou para sempre, ela faleceu derrepente, eu estava aqui correndo atras de poder fazer muito mais pra ela, mais nao consegui, nao consegui se quer ter passado o ultimo ano da vida da minha mae junto com ela, que era a pessoa que eu mais amava por estar aqui e tentar. Hoje me questiono, o que faço ainda aqui, pra quem lutar se meu hobjetivo de vida si foi, tento ainda me encontrar em o que quero realmente da minha vida, o que quero fazer pois nao sei nem por onde começar, ja que meu começo ja teve um fim, quando minha mae partil, o que espero que aconteça agora, nao sei, sei que estou perdido sem nem saber o que quero.

kinely disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Para o comentario acima........

Cara vc nao tem que reclamar ! Fez tudo para sua mae...vc.conseguiu uma moradia pra ela na europa ! Fez muito a ela sim !

Tenha certeza que ela esta em um lugar melhor, e lute por aquilo que te.faz feliz que te faz crescer se realizar ! Nao era isso que ela queria de vc ? Pois bem.....faça, lute !

Quanto a mim....igual a maioria.....sem saber o que fazer....tive uma proposta de morar com uma pessoa...pode ser um futuro amor...mas é em SP eu moro no PR....a pessoa iria me mostrar um mundo lá, ela tem suporte para dar moradia, parece ser bacana, e é iteligente..... Sempre morei aqui, vida inteira no paraná mas ja esta meio monotuno a coisa aqui sabe ?cidade aqui tem 120 mil habitantes.....será qie vale a pena arriscar ?

Abraço

kinely disse...

Ola, eu sei que minha querida maezinha esta em um lugar melhor, mais a saudade, e grande e doi mais doi muito que parece que vai me matar, sabe dia dois fez 3 meses que ela se foi, e eu ja nao tenho mais aquela vontade de fazer, porque quem eu estava sempre com uma meta de fazer se foi, tambem começo acha que ja nao tenho mais nada pra fazer aqui, por isso começo a pensar em tornar ao Brasil, sei que a vida continua, por isso quero fazer o melhor. Olha sobre o que vc esta me falando, eu na vida sei que vale a pena sim arriscar, pois melhor ter uma decepçao ou uma vitoria convicta de que a nao convicçao de nao ter feito, ou seja nao saber se poderia ter cido bom ou ruim, eu prefiro que vc arrisque, e amanha tenha uma base sobre o que vc fez. Vai nao tenha medo e assim que as coisas na nossa vida acontece, e se nao der certo pelomenos vc tentou. Abraço

Anônimo disse...

kinely, me mande um e-mail para conversarmos se vc querer...
XFXEVGA@HOTMAIL.COM

Anônimo disse...

22 anos, sem objetivo,
comecei a 3° facul. Não gostei. Vamos p/ a 4°...
Resumindo não gosto de nenhum curso da faculdade, mais algo me chamou atenção nesse ano q passou...
Sou entediado e desanimado.
Vi em mim q falta AVENTURA, diversão e histórias pra contar.
Axo q isso pode ajudar vcs:
Eu vou tentar.
1° cuide da aparência, academia, cabelo e tals. (goste de vc)
2° Faça algum esporte
3° Viaje
4° Procure andar com pessoas aventureiras e que te tiram da rotina.
5° Ou procure um psicólogo ou uma igreja.
Pensei em dar a volta pela américa latina, sem dinheiro só com mochila nas costas. Pegando caronas, fazendo bicos, e sei lá. Conhecer gente nova, culturas e principalmente me aventurar, acho que vou melhorar.
Sair da rotina vai ser bom.

Vi alguns comentários sobre suícidio, não compensa, não vale a pena! Uma vez li que:
O seu corpo tem algum problema? então do que adianta destruir seu corpo, se o problema está na alma?

Resumindo: Aventure-se. Marlon!

Mauro disse...

É incrível como o seu texto é familiar para mim. Estou vagueando sem saber o que fazer da vida há 8 anos. Já larguei 2 faculdades, dezenas de projetos de vida mal-sucedidos e centenas de dias com a mente atormentada por não conseguir encontrar uma solução para me encaixar na vida. É incrível, mas tudo que planejo para mim tem a sensação que não vai dar certo. Nunca irei desistir da vida, pois acima de tudo prefiro a autopreservação, mas é angustiante viver sem sossego, sem passado, sem futuro.

Anônimo disse...

É... Foi minha vez de perguntar pro Google o que fazer da vida...

Impossível não ler todos os comentários postados esses anos todos...

Sou uma mulher de 31 anos, saí de casa aos 16... Desde então já morei em vários lugares, muitas casas, trabalhei com várias coisas, me matriculei (e não cursei) em várias faculdades, quis ser tanta coisa.

Já quis ser desenhista, chef de cozinha, cabeleireira, profissional de comércio exterior, médica... Agora quero ser farmacêutica, mas não tenho dinheiro pra pagar e o governo recusou meu pedido de FIES. Sinto que voltei à estaca zero.

Morro de vergonha por estar com 31 divorciada, sem casa, sem namorado, sem profissão, sem dinheiro pra nada, sem nada de que eu possa me orgulhar. Sem dinheiro sequer pra levar minha filha pra lanchar, ou sequer pra poder trazê-la pra morar comigo, já que moro de favor.

Penso muito em suicídio e, pior, não me sinto mal por pensar nisso.

Estou na merda, me sentindo um lixo, extremamente envergonhada de ter tanta coisa dando errado na minha vida ao mesmo tempo.

Anônimo disse...

Antes de começar qualquer coisa, queria dizer para 6 de fevereiro de 2013,E Aos QUE COMPARTILHAM DO MESMO PENSAMENTO, VIVAM!!! Enquanto houver vida há esperança.

Anônimo disse...

Para os virão:

“Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida. As pessoas mais interessantes que conheço não sabiam aos 22 o que queriam fazer da vida. Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.” – Mary Schmich

Hyomin disse...

Então, tenho 21 anos e não tenho faculdade, nem curso técnico e só terminei o colegial, trabalhei com rotinas de escritório mas não acordei antes pra vida, e cá estou hoje sem saber o que fazer ou o que fazer. Tem vezes que meu pai me coloca pra baixo, mas tem vezes que eu nem sei o que quero e se quero, as vezes quero tudo e as vezes quero nada, e quando quero algo tenho medo de arriscar, minha infância não foi muito feliz, minha mãe logo me abandonou e fiquei com meus GRANDES avós..
enfim, o que fazer da vida, é um grande problema, não saber o que quer, e se quer, é foda.

henrique disse...

que site legal cara. me sinto muito parecido com vocês. sou homem que tento demonstrar que sou seguro, satisfeito, etc., mas na verdade eu vivo dois em dois mundos. e isso me incomoda. mas, parece vicio "viajar" e ficar pensando coisas tao absurdas de como eu queria ser. estou angustiado e perdido, mas eu acho que é pq minha vida foi muito facil, entao eu fico perdendo tempo com besteira. sei nao. nao penso em suicidio, nao é assim que se resolve nada. abraço amigos.

Anônimo disse...

Acho que esse post tem comentários até hoje, porque ninguém nunca soube colocar tao bem nossos problemas.. Eu tenho 20 anos já comecei biologia e larguei agora curso arquitetura que antes me parecia muito legal. Mas agora eu sinto que a faculdade é muito chata, vejo meus amigos compartilhando conhecimento enquanto eu só desenho. Ai fico pensando será que estou contribuindo com o mundo do jeito que gostaria?..e ai penso que queria ser varias outras coisas. Fico deprimida e nao me dedico a nada. Já nao saio, nao me divirto, penso o tempo todo nisso. Tenho um namorado q ama o q faz engenharia, e ele fica falando do qnto gosta de tudo isso e o qnto se esforça e se dedica. É bonito, mas me deixa ainda mais confusa por querer ter algo assim também. Daqui a pouco penso que estarei velha pra começar algo novamente e tenho medo de desistir. Será que existe uma idade certa pra terminar a faculdade?...

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=Wb-9xzNjTsM

Anônimo disse...

Caramba primeiro quero parabenizar o dono do blog...pq mesmo depois de tanto tempo seu blog ainda está tão atual que talvez vc deveria pensar em criar um site sobre esse tema...^^

Bom agora meu agoniante caso de desespero...tenho uma vida completamente bagunçada me casei mto cedo fui mãe do primeiro filho aos 18 e do segundo aos 20, ou seja, perdi uma etapa super importante da minha vida cuidando deles. E para ajudar nunca tive sorte nos meus relacionamentos e ja estou solteira ha um bom tempo, hoje estou com 27 anos e moro na casa dos meus pais, sempre trabalhei em empresas q são um lixo (telemarketing) e não tenho mais do que 7 meses de registro na carteira. Há um ano atrás resolvi que era hora de mudar e entrei em um curso tecnico (segurança do trabalho) para ser exata, mas caramba estou super decepcionada com esse curso, nem tenho mais intenção de seguir carreira nessa àrea, estou sendo pressionada pelos meus pais a tomar um rumo na minha vida e não faço idéia de pra onde ir...

Sabe é como uma sessão de tortura onde me pergunto várias e várias vezes: O que fazer agora?? Penso em várias coisas, até em ser assassina de aluguel...(brincadeira..é só pra vcs verem o tamanho do meu desespero), imagino o q meus filhos pensarão de mim quando crescerem, sabe gostaria de ser um exemplo bom para eles.

Bom só tem uma coisa que é certa para mim hoje e é essa pergunta..quem sou, onde estou e para onde vou???

Alguem me ajuda!!!!

Anônimo disse...

Quem chegou até aqui, é pq realmente está pertubadinho....estava lendo os comentarios e vejo que todos tem praticamente o mesmo lema....ser ou não ser....gente, comecei a estudar filosofia, e acreditem, a muito tempo esse questionamionamento nos aflinge....hj em dia, eu falo que sou bem resolvida, mas confesso que tenho minhas recaidas, essa semana em particular , tive uma recaída, mequestiono muito se o que ando fazendo da minha vida é certo.eU NO FUNDO, ACHO QUE NÃO...mas estudando um pouquinho filosofia, ercebo que os filosofos é que estavam certo...sempre questionar o que é certo, e o que é errado...e assim...a vida vai passando...daqui a pouco tomorri.!
Fuii!
bjs

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ achat cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ commander cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis acquisto
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis generico

Anônimo disse...

Fiquei assustada com o texto e comentários, como tantas pessoas se identificam e pensam assim, e apesar de eu sentir exatamente como a maioria de vocês, vejo que a prosa ruim de todos aqui é igual até nas palavras. Desculpe, sou sincera.

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ achat viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ costo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra sin receta

Anônimo disse...

[135784] [116798] LEIA SOZINHO porque no passado eu também não acreditava que ia dar certo, mas… funciona mesmo!!! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A pessoa que eu copiei também não acreditava mas para ela também funcionou! AGORA VEREMOS… Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)… Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes). Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre (…) de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que (…) venha para MIM l, afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele não pense mais nas outras… mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém…). Publique esta simpatia por três vezesSó mesmo esta simpatia, quero compartilhar com você a minha alegria e mostrar que se para mim deu certo para você também dará basta copiar e colar por três vezes em inforum diferente esta simpatia abaixo e logo em 48hs você terá uma linda surpresa, beijos Ainda esta noite de madrugada o TEU amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas da manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençoará e a sua vida não será a mesma.

Anônimo disse...

Parei aqui, exatamente por estar em situação parecida. Procurava conselhos e vi alguns..na verdade vi mais experiências e me surpreendi, independente da idade, de ter ou não uma carreira, ou constituir uma família, uma boa espiritualidade....muitos estão sem rumo.

Percebi que em âmbito pessoal sempre tem algo que queremos melhorar, por exemplo, ser mais organizado, ou mais extrovertido, menos impaciente,mais decididos...

Ou seja, posso não saber o que fazer, mas tenho uma ideia do que quero ser (ou do que não quero)..daí já temos um ponto de partida.

Nesse site tem conselhos legais:
http://estrategistas.com/e-se-eu-nao-sei-o-que-quero-da-vida/

Eclesiastes 3:1 "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu."

Abraços

Anônimo disse...

Na verdade a gente nunca está satisfeito...isso é característica do ser humano..o que não se pode é ser infeliz a vida inteira..é necessário buscarmos algo que nos faça nos sentir VIVOS..independente de que profissão, algo que nos dẽ alegria...no amor e relacionamentos a mesma coisa..já que o ser humano nunca irá estar ''pleno'', sempre buscará algo diferente, ao menos precisamos nos identificar com coisas que nos deem prazer..que em algum momento nos faça feliz..as dúvidas?? sempre nos acompanharão, não somente na adolescência..no início da vida profissional...etc..vamos viver cada dia como se fosse o único, buscando dentro dele alegria em viver..em aproveitar TODOS os momentos..acho que nos preocupamos e ficamos obsecados demais com a idéia de uma vida ''pronta''...e esquecemos de realmente viver..

Anônimo disse...

Esse blog tem textos e matérias interessantes que podem ajudar:

http://vidaorganizada.com/categoria/bem-estar/desenvolvimento-pessoal/

Anônimo disse...

Pessoal, eu tb digitei no google "o que fazer da vida ontem à noite" e vim parar aqui. Li todinhos os comentários, me identifiquei com tudinho que foi escrito. Porém hoje eu continuei minha busca tentando descobrir o que fazer, então me lembrei do conceito de "dharma", que é uma palavra do sânscrito que significa algo como dever, missão. Todos nós temos um dharma universal, mas também há o dharma individual. Eu voltei aqui hoje para falar isso por que eu humildemente gostaria de tentar contribuir com vcs e com quem chegar de novo nessa página. Eu não tenho qualificação para explicar mais sobre o dharma pra vcs, por isso eu sugiro que procurem no google e lá vcs encontrarão vários sites que falam sobre o assunto. Desculpe se é meio ridiculo chegar aqui pedindo pra vcs procurarem algo no google, mas é a forma que eu achei de compartilhar com vcs, meus companheiros "perdidos", um conceito mto importante sobre exatamente o que frustra todos aqui. Desejo que todos nós consigamos encontrar nosso caminho. Um abraço.

Anônimo disse...

Eu tb digitei o que fazer da minha vida, e eis eu aqui rs
Prestes a completar 28 anos, e eu não faço ideia do que eu tô fazendo da minha vida!!! Parece que o tempo ta passando e estou desperdiçando meu tempo com tudo... Amigos que decepcionam...sem saber que profissão seguir (já tentei "ser" tudo, falta aquele click... sem namorado, (nesse mundo que ninguém é de ninguém , melhor fica sozinha rs) enfim... apenas mais uma perdia ao ponto de acreditar que o google vai me mostrar o caminho rs...
Sou feliz de certa forma, sou pelo certo, pelo correto, mas sinto que nesse mundo parece que ser certo é errado... se é que alguém me entende rs
Enfim... o que fazer da minha vida? Será que um dia vou ter a resposta pra essa pergunta? rs
Estou na torcida por vcs, que estão perdidos nesse mundinho como eu !!!
Até !

Anônimo disse...

Poxaaaa gente! Fiquei tãooo feliz em ver que não sou a única que passa por essa situação, nossa, muito bom saber que não estou só rs.

Eu já fiz váriosss cursos "rápidos", Escrita Fiscal, Departamento Pessoal- aí trabalhei quase um ano como Aux de Adm. Fiz 2 anos de curso pré-vestibular pq queria entrar para NUTRIÇÃO mas depois desisti e fiz Gestão empresarial e no mesmo período eu passei para Serviço Social e levei os dois por um curto período e acabei trancando os dois rsrs... Aí comecei a fazer Técnico em Segurança do Trabalho e para complementar eu fiz Bombeiro Civil, atuo na área, gosto de uma coisas mas não suporto outras e também não quero ficar só nisso, estou pensando em fazer Engenharia de Controle e Automação mas estou com medo de ficar 5 anos e não ser bem isso que eu quero... Além do mais, tenho interesses pessoais que quero realizar como: falar uma segunda língua, no caso, inglês ou espanhol, fazer algo que eu goste como dançar, viajar e ficar fora do país por alguns meses, enfim... Não sei se dá para conciliar.

Se alguém quiser trocar ideia, meu e-mail: karenskoli@gmail.com

carolis leal disse...

A primeira a postar em 2014!.
Bom, eu fiz a seguinte pesquisa no google "tenho 17 anos e não sei o que fazer da vida". Então surgiu este admirável blog , sei que muitos vão pensar que sou apenas uma criança e que estou passando por uma fase, porém não me sinto assim, me sinto esgotada, parece que já vivi por muitos anos, não é que eu não saiba o que quero ser, o problema é que quero ser muitas coisas, quero mudar vidas, quero ser lembrada, porém sofre de uma preguiça imensa e um pessimismo horrível. Estou esperando por uma resposta que talvez mude minha vida, eu confio em Deus, e confio em mim, por mais depressiva que sou, ainda acredito na felicidade. Gosto de pessoas indecisas, somos todos encantadores , nossa coragem de questinonar a nós mesmos é o que nos torna tão corajosos. Abraços.

Anônimo disse...

Bom tenho23 anos e nao consigo levar nada adiante, relacionamento, emprego e os estudos.mais quero mudar to meio depressiva nao quero ver gente, nao saiu mais de casa...to precisando muito de ajuda de deus e de pessoas que possam me dar conselhos, esta muito tenso ficar assim.penso até em suicidio
me ajude por favor!!!

Anônimo disse...

Bom tenho23 anos e nao consigo levar nada adiante, relacionamento, emprego e os estudos.mais quero mudar to meio depressiva nao quero ver gente, nao saiu mais de casa...to precisando muito de ajuda de deus e de pessoas que possam me dar conselhos, esta muito tenso ficar assim.penso até em suicidio
me ajude por favor!!!

Anônimo disse...

Bom tenho23 anos e nao consigo levar nada adiante, relacionamento, emprego e os estudos.mais quero mudar to meio depressiva nao quero ver gente, nao saiu mais de casa...to precisando muito de ajuda de deus e de pessoas que possam me dar conselhos, esta muito tenso ficar assim.penso até em suicidio
me ajude por favor!!!

Anônimo disse...

Já tenho 33 anos. Parei dois cursos técnicos e 2 de nível superior, pois sempre achava completamente insuportável seguir adiante. Eu sempre pensava, já que não sei o que gosto, o que quero na vida, vou tentar os cursos, pois quem sabe eu acabava gostando né... pois é... isso nunca funcionou, infelizmente. Ando muito frustrada, no emprego que trabalho desde os 18 anos de idade, acho bom trabalhar para não faltar o básico que necessito, mas ainda moro com meus pais, não consegui comprar um imóvel meu ainda, meu último carro troquei há 9 anos atrás, meu salário não está nem perto de ser o que eu sonho em ganhar um dia, enfim, minha vida está estagnada. Morro de preguiça de ir atrás de psicólogo, acho q sou capar sozinha de resolver meus problemas, mas eles estão aí, durando a vida toda... muito triste... SOCORRO!

Jéssica disse...

Bom, lendo tudo isso me identifiquei bastante. Fico até mais reconfortada por saber que não sou a única que pensa assim. Mas, quer uma dica? ESCREVA! Quando estiver assim. Procure algo e expresse o que sente. Isso alivia muito. Hoje escrevo meus pensamentos no meu blog, quem quiser ver: http://bomdiajessi.wordpress.com/

Anônimo disse...

boa noite desejo a todos muita sabedoria,paz no coração,amor,vontade,coragem,esperança e que tenham mais fé em deus eu não sou de igreja mais eu tenho muita fé em deus eu ja passei por tantas coisas na vida que não desanimei se eu contar daria um livro mas deixa p proxima eu tenho 30 anos me chamo deise eu faço isso por que amo meu proximo fiquem na paz pensem nisso tá bom abraço a todos...